Ester


Caráter de sua mensagem
É o único livro da Bíblia onde o nome de Deus não aparece; entretanto a ação do Onipotente em favor de Seu povo é inegável.

Querendo provar essa presença invisível e constante do Senhor, em todos estes 10 capítulos, os exegetas judeus descobriram no texto hebraico cinco frases nas quais as primeiras letras de cada palavra formam o acróstico de Jeová.

Isso significa quanto Deus está presente em todo o livro, mesmo sob forma escondida.

Circunstâncias históricas
A cidade de Susã, capital do império dos medos e persas, serve de cenário a essa narrativa que exalta o nacionalismo judeu.

No 5º século, Judá é ainda um povo cativo às margens do Eufrates. Mas foi Israel inteiro que escapou miraculosamente à política de exterminação de Hamã, o precursor de todos os antisemitas da história.



Quanto a isso, o livro de Ester fornece um ensinamento precioso: o castigo de Hamã foi sem comiseração. A perseguição do povo eleito foi como que o trampolim para sua reabilitação aos olhos de todos.

Esse mesmo fenômeno verificou-se no século XX D.C. O Estado de Israel, de certa forma, surgiu das cinzas dos campos de extermínio nazistas. Deus prometeu a Abrãao: "Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoaram..." (Gênesis 12:3).

Deus pode ainda hoje suscitar um Mordecai, capaz de falar em prol de sua nação e do bem estar de sua raça (cp. 10:3).

ÍNDICE

Tecnologia do Blogger.