Apegue-se ao dinheiro e encontre... a frustração! (39)


As vossas riquezas estão corruptas, e as vossas roupagens, comidas de traça; o vosso ouro e a vossa prata foram gastos de ferrugens, e a sua ferrugem há de ser por testemunho contra vós mesmos e há de devorar, como fogo, as vossas carnes. Tesouros acumulastes nos últimos dias.
Tiago 5:1-6 

Hoje, mais do que qualquer época na história da humanidade, vivemos o tempo do obsoletismo. As coisas, quando fabricadas, não são feitas para durar. Elas possuem um prazo de uso. Existe até o obsoletismo programado, que tem a intenção de aumentar o consumo. Afinal, em 5 anos, quantos celulares você já trocou? E assim funciona o capitalismo – para algo dar lucro tem que ser ineficiente. Por isso seu carro não rende tanto quanto deveria na estrada. 

Mas mesmo que tudo fosse feito para durar muito, a própria ação do tempo iria colocar um prazo de validade. Roupa guardada muito tempo vira comida de traça. Alimentos, mesmo condicionados na geladeira, vão estragar depois de um tempo. Dinheiro guardado também perde valor. 


Afinal, você se lembra do tempo em que no Brasil R$ 10 era dinheiro? Quando o Real foi lançado, a gente fazia muita coisa com R$ 10. Mas e hoje o que fazemos? 

A infame crise mundial causada pelos Estados Unidos em 2008 provocou uma verdadeira tragédia para muitos empresários. Muita gente ficou pobre do dia para a noite. Empresas que possuíam bilhões viram o dinheiro indo pelo ralo. Naquela altura até a General Motors, a segunda maior montadora automobilística do mundo, abriu falência nos Estados Unidos. 

A verdade é, como ensina Tiago, todas as coisas materiais tem esse caráter passageiro. Por isso não faz sentido acumularmos de maneira louca, alienante e exagerada os bens, pois eles não permanecem. Se fizermos isso vamos apenas nos frustrar. 

Não ame ou se apegue ao dinheiro ou posses. Não tenha o dinheiro como o senhor de sua vida. Ele não dura. Tudo passa. E vai ser frustrante tanto esforço e vitalidade em algo que não dura e não permanece. 

Não te fadigues para seres rico; não apliques nisso a tua inteligência. Porventura fitarás os teus olhos naquilo que não é nada? Pois certamente a riqueza fará para si asas, como a águia que voa pelos céus - Provérbios 23.4,5 

Para pensar 
Trabalhar é necessário, ganhar dinheiro e sustentar família é vital. Mas até que ponto estamos sacrificando nossa família, nossa fé e nossa própria vida por uma busca desenfreada pelo dinheiro?


Índice de artigos em Tiago
01 - Alegria nas provações
02 - Sabedoria nas provações
03 - Humildade nas provações
04 - Responsabilidade nas provações
05 - Rápido e demorado
06 - Expulsar e acolher
07 - Ouvir e praticar
08 - Fofoca: a síndrome da religião vazia
09 - A caridade na igreja
10 - O mundanismo é pior do que você imagina
11 - Igualdade e respeito na igreja
12 - Enxergando além das aparências
13 - A lei do amor
14 - A fé e o amor ao próximo
15 - Fé e obras
16 - Fé e ação
17 - Fé e obediência
18 - A fé de Abraão
19 - A fé de Raabe
20 - A maturidade cristã e o uso da língua
21 - Pela unidade da igreja
22 - O freio, o leme e a fagulha
23 - O poder aniquilador da língua
24 - A perversidade da língua
25 - A verdadeira sabedoria
26 - A sabedoria mundana
27 - A sabedoria que provém de Deus
28 - A batalha que você não deve entrar
29 - A oração que você não deve fazer
30 - Não seja amigo do seu inimigo
31 - A amizade que você não deve cultivar
32 - Três bênçãos
33 - Como você usa sua língua? Para benefício ou malefício?
34 - O que a fofoca revela sobre você
35 - "Pequeno" pecado, grande estrago
36 - A fragilidade da vida humana
37 - Se Deus quiser
38 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a miséria
39 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a frustração
40 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a destruição
41 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a degradação pessoal
42 - Seja paciente até a vinda de Jesus
43 - Seja paciente como o agricultor 
44 - Seja paciente como os profetas
45 - Seja paciente como Jó
46 - Sim, sim. Não, não.
47 - Exercitando a empatia

Tecnologia do Blogger.