A oração que você não deve fazer


...Nada tendes, porque não pedis; pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres - Tiago 4:1-10

A oração deveria ser algo habitual na vida de qualquer cristão. Mas nesta sociedade cada vez mais pragmática e imediatista as pessoas não acham tempo para orar. Quando muito, é aquela oração que acontece na cama, que divaga, emenda com o sono e só finaliza com o "amém" pela manhã.

Por outro lado a tecnologia nos fez autossuficientes. Antigamente a dona de casa orava para que acertasse a receita do bolo. Hoje existe a internet dando instruções precisas. O homem do campo  buscava a Deus, confiando nele para que recebesse abundantes frutos na colheita. Mas agora há todo um sistema informatizado que lhe diz com certa precisão os dados meteorológicos.


Até na liderança da igreja temos visto o aumento de homens poderosos, ativistas, empresários da fé, políticos eclesiásticos - mas não são homens de Deus, não são homens de oração e vida piedosa.

Daí o motivo pelo qual não alcançamos o que queremos em nossas vidas. É porque não oramos. E quem não pede a Deus é porque não crê que Deus possa dar aquilo que ele necessita. 

Isto se chama incredulidade. E ela é tão perniciosa que pode contaminar, não apenas a iniciativa de orarmos, como a oração em si. Porque uma vez que não dependemos de Deus, mas de nossos impulsos, nossos desejos distorcem a nossa espiritualidade. Podemos até orar, mas não seremos atendidos, pois a oração agora é feita com a motivação errada.

...pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres - Tiago 4.3
Não é difícil nossos desejos particulares corromperem a nossa oração. Pedimos para Deus muitas vezes o que nós queremos e não necessariamente buscamos sinceramente a vontade de Deus.

Por outro lado, é bom que entendamos que nenhuma oração é respondida automaticamente, como um processo automatizado. A Bíblia contém muitas promessas acerca da oração, contudo cada promessa traz em si uma pressuposição central: o coração de quem ora está em sintonia com Deus?

A oração não é uma ferramenta que eu uso para manipular a Deus e impor as minhas vontades para Ele. A oração que a Bíblia ensina é aquela que é fruto de um relacionamento com Deus, e a vontade desse Deus é suprema.
Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve - 1 João 5.14
Para pensar
Os cristãos da época de Tiago estavam falhando em dois aspectos: não oravam; e quando oravam não buscavam verdadeiramente a vontade de Deus, mas usavam de motivações egoístas. Esse tipo de oração não devemos fazer - ela não vai passar do teto!

Antes, avaliemos nossa vida de oração. É a oração fato cotidiano em nossa vida? Ela tem sido feita com as motivações corretas?

--------------------------------------------------
Andrei de Almeida Barros é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Em 1998 trabalhou como missionário em Portugal. Formou-se em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e ordenado pastor em 2004. Atualmente cursa Licenciatura em História. É fundador e editor do site www.semeandovida.org
Tecnologia do Blogger.