Humildade nas provações (3)


O irmão, porém, de condição humilde glorie-se na sua dignidade, e o rico na sua insignificância, porque ele passará como a flor da erva. Porque o sol se levanta com seu ardente calor, e a erva seca, e a sua flor cai, e desaparece a formosura do seu aspecto; assim também se murchará o rico em seus caminhos - Tiago 1.9-11 

Nosso mundo valoriza uma série de coisas que para Deus não tem nenhum valor. Durante os problemas e dificuldades, é necessário ter a humildade de deixar as coisas que nós valorizamos de lado e procurarmos valorizar as coisas que Deus valoriza. 

Temos aqui dois exemplos distintos: o pobre e o rico. 


Muitos dos leitores da carta de Tiago deviam ser pobres. A pobreza poderia ser a mais difícil provação que aqueles cristãos estariam enfrentando. Estas pessoas deveriam orgulhar-se de sua dignidade. 

Por outro lado, o grande problema que vivencia o rico é a tendência de idolatrar o dinheiro e fazendo dele uma base confiável. A riqueza não é confiável – a própria natureza transitória do mundo mostra esta verdade. 

E por mais alto que seja o status do rico nesse mundo, diante de Deus ele é igual o pobre, seu final é a morte, portanto, deve orgulhar-se em sua insignificância, deve ter consciência que o verdadeiro tesouro é espiritual. 

Perceba que, de qualquer forma, Tiago convoca tanto o pobre como o rico a terem uma atitude de humildade para evitar desastres espirituais. 

Temos tido humildade nas provações? Há tanta gente que se revolta diante das provações, que tenta apontar o dedo para Deus e “determina” isso ou aquilo. 

A pergunta é: O que Deus valoriza na nossa vida? Se respondermos estas questões vamos também ter resposta para aquilo que nós devemos valorizar. A humildade reside exatamente aí. 

Desafio 

Você tem tido humildade para enfrentar os problemas e provações em sua vida? Ou tem agido de forma orgulhosa e rebelde?


Índice de artigos em Tiago
01 - Alegria nas provações
02 - Sabedoria nas provações
03 - Humildade nas provações
04 - Responsabilidade nas provações
05 - Rápido e demorado
06 - Expulsar e acolher
07 - Ouvir e praticar
08 - Fofoca: a síndrome da religião vazia
09 - A caridade na igreja
10 - O mundanismo é pior do que você imagina
11 - Igualdade e respeito na igreja
12 - Enxergando além das aparências
13 - A lei do amor
14 - A fé e o amor ao próximo
15 - Fé e obras
16 - Fé e ação
17 - Fé e obediência
18 - A fé de Abraão
19 - A fé de Raabe
20 - A maturidade cristã e o uso da língua
21 - Pela unidade da igreja
22 - O freio, o leme e a fagulha
23 - O poder aniquilador da língua
24 - A perversidade da língua
25 - A verdadeira sabedoria
26 - A sabedoria mundana
27 - A sabedoria que provém de Deus
28 - A batalha que você não deve entrar
29 - A oração que você não deve fazer
30 - Não seja amigo do seu inimigo
31 - A amizade que você não deve cultivar
32 - Três bênçãos
33 - Como você usa sua língua? Para benefício ou malefício?
34 - O que a fofoca revela sobre você
35 - "Pequeno" pecado, grande estrago
36 - A fragilidade da vida humana
37 - Se Deus quiser
38 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a miséria
39 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a frustração
40 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a destruição
41 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a degradação pessoal
42 - Seja paciente até a vinda de Jesus
43 - Seja paciente como o agricultor 
44 - Seja paciente como os profetas
45 - Seja paciente como Jó
46 - Sim, sim. Não, não.
47 - Exercitando a empatia

Tecnologia do Blogger.