Sociais

Humildade nas provações


O irmão, porém, de condição humilde glorie-se na sua dignidade, e o rico na sua insignificância, porque ele passará como a flor da erva. Porque o sol se levanta com seu ardente calor, e a erva seca, e a sua flor cai, e desaparece a formosura do seu aspecto; assim também se murchará o rico em seus caminhos - Tiago 1.9-11 

Nosso mundo valoriza uma série de coisas que para Deus não tem nenhum valor. Durante os problemas e dificuldades, é necessário ter a humildade de deixar as coisas que nós valorizamos de lado e procurarmos valorizar as coisas que Deus valoriza. 

Temos aqui dois exemplos distintos: o pobre e o rico. 


Muitos dos leitores da carta de Tiago deviam ser pobres. A pobreza poderia ser a mais difícil provação que aqueles cristãos estariam enfrentando. Estas pessoas deveriam orgulhar-se de sua dignidade. 

Por outro lado, o grande problema que vivencia o rico é a tendência de idolatrar o dinheiro e fazendo dele uma base confiável. A riqueza não é confiável – a própria natureza transitória do mundo mostra esta verdade. 

E por mais alto que seja o status do rico nesse mundo, diante de Deus ele é igual o pobre, seu final é a morte, portanto, deve orgulhar-se em sua insignificância, deve ter consciência que o verdadeiro tesouro é espiritual. 

Perceba que, de qualquer forma, Tiago convoca tanto o pobre como o rico a terem uma atitude de humildade para evitar desastres espirituais. 

Temos tido humildade nas provações? Há tanta gente que se revolta diante das provações, que tenta apontar o dedo para Deus e “determina” isso ou aquilo. 

A pergunta é: O que Deus valoriza na nossa vida? Se respondermos estas questões vamos também ter resposta para aquilo que nós devemos valorizar. A humildade reside exatamente aí. 

Desafio 

Você tem tido humildade para enfrentar os problemas e provações em sua vida? Ou tem agido de forma orgulhosa e rebelde?

--------------------------------------------------
Andrei de Almeida Barros é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Em 1998 trabalhou como missionário em Portugal. Formou-se em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e ordenado pastor em 2004. Atualmente cursa Licenciatura em História. É fundador e editor do site www.semeandovida.org
Google Plus