Seja paciente como o agricultor



 ...Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas - Tiago 5:7 

A geração jovem, acostumada com os confortos e a agitação da vida moderna, não faz ideia do que era a vida no meio rural. As memórias que muitos possuem são aquelas histórias do campo que os pais e avós contavam. Naquele tempo não havia tantas facilidades como hoje, era necessário que as famílias mais pobres sempre tivessem uma hortinha no quintal. 

É necessário ter paciência!


Tenha paciência, para lutar contra a oposição e o pecado. Plantar não é apenas colocar a semente no solo e dar as costas. É necessário adubar a terra, fornecer água para a planta, podá-la, e lutar contra as pragas que irão atacar. 

Se você quer levar uma vida correta diante de Deus, quer ser exemplo para seus filhos, honesto em seus negócios, saiba que sempre existirão obstáculos que tentarão impedir o desenvolvimento de sua vida. É preciso lutar contra estas coisas, escolher o caminho correto e viver de acordo com a vontade de Deus. “Bem-aventurado o homem que suporta a provação; porque, depois de aprovado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu aos que o amam.” – Tiago 1.12

Tenha paciência, para esperar o tempo certo de colher os frutos. Quem lida com a terra, sabe que é preciso ter paciência para esperar a semente passar pelo processo de germinação, crescimento até culminar nos frutos. E isso não acontece do dia para a noite. 

Talvez você já esteja cansado de esperar a resposta de Deus para uma situação que tem feito você sofrer. Ou mesmo gostaria de ver um familiar recebendo a Jesus como Senhor e Salvador. Não desanime, não deixe de semear a Palavra de Deus para aquela pessoa, não deixe de semear a oração pela sua vida e seus problemas. O Salmo 126:5 afirma que “aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão". Ao final haverá a chuva de bênçãos e você será recompensado por Deus.

Tenha paciência para selecionar e plantar as sementes sadias. Havia um rapaz que ao visitar um amigo num sítio, sempre que chegava atirava pedras em cachorro que nada podia fazer, pois estava amarrado. Ele fez disso um hábito por muitos meses. Mas um dia, ao fazer sua visita rotineira, o cachorro estava solto e reconheceu o seu algoz. O rapaz teve que esperar em cima de uma árvore por socorro até quase anoitecer. O cachorro estava lá embaixo, rosnando, só esperando o fulano descer. Aquele rapaz colheu o que plantou.

O que você tem semeado na sua vida? É importante refletirmos nisso, porque nós só vamos colher aquilo que plantamos (Gálatas 6.7). Como diz uma música, “se você plantar amor, amor irá colher; se você plantar a paz, a paz irá colher...” Mas a principal Semente, como a mesma música diz é: “...plante hoje Jesus Cristo na terra do coração e receba a vida eterna, a alegria e perdão”. Faça do seu coração o solo ideal! (Mateus 13.23)

--------------------------------------------------
Andrei de Almeida Barros é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Em 1998 trabalhou como missionário em Portugal. Formou-se em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e ordenado pastor em 2004. Atualmente cursa Licenciatura em História. É fundador e editor do site www.semeandovida.org
Tecnologia do Blogger.