Sociais

Ouvir e praticar


Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Tiago 1:22  

Se você frequenta uma igreja com assiduidade, em uma ano, deverá ter ouvido 52 sermões. Se participa de cultos no meio da semana, Escola Bíblica Dominical, este número aumenta para 156. E pode aumentar ainda mais dependendo do seu envolvimento. 

Essa simples conta mostra como um cristão assíduo entra em constante contato com a Palavra de Deus. Mas será que é só isso? 

Não! É necessário praticar. 


É necessário acolher essa Palavra no coração. Se ouvimos e não praticamos nos tornamos vítimas de uma auto-ilusão. Porque uma vez que o evangelho é o poder de Deus para salvação e convoca a obediência, se não praticamos é sinal que não abraçamos verdadeiramente este evangelho. 

Portanto quem ouve e não pratica está enganando não a igreja, não os irmãos, não o pastor – mas engana a si mesmo e pode ter uma surpresa muito ruim ao final de sua vida, quando descobriu que serviu a Deus apenas de aparência. 

Diferente de outras ciências mais objetivas, a teologia corre o risco de acontecer apenas no campo da teoria. A teoria é sem dúvida importante. Afinal, o que temos de teologia sobre o cristianismo é resultado de mais de 2000 anos de reflexões de homens e mulheres que vieram antes de nós. 

Porém, de que adianta todas essas informações acumulativas se elas ficarem apenas no âmbito subjetivo da teoria? De que adianta estudarmos constantemente o cristianismo a ponto de conhecê-lo profundamente, mas não nos detivermos na prática? 

Deixar de cumprir o cristianismo na prática não é apenas a falha de uma parte de nossa fé, mas é a falha de todo um sistema religioso. A vida cristã é feita de ação e não apenas de teoria. 

Desafio
Você tem lido a Bíblia frequentemente? Se não tem lido, qual tem sido o obstáculo? As pregações que você ouve, você aplica para sua vida ou sempre pensa que a pessoa que deveria ouvir não estava presente?

--------------------------------------------------
Andrei de Almeida Barros é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Em 1998 trabalhou como missionário em Portugal. Formou-se em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e ordenado pastor em 2004. Atualmente cursa Licenciatura em História. É fundador e editor do site www.semeandovida.org
Google Plus