Ouvir e praticar (7)


Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Tiago 1:22  

Se você frequenta uma igreja com assiduidade, em uma ano, deverá ter ouvido 52 sermões. Se participa de cultos no meio da semana, Escola Bíblica Dominical, este número aumenta para 156. E pode aumentar ainda mais dependendo do seu envolvimento. 

Essa simples conta mostra como um cristão assíduo entra em constante contato com a Palavra de Deus. Mas será que é só isso? 

Não! É necessário praticar. 


É necessário acolher essa Palavra no coração. Se ouvimos e não praticamos nos tornamos vítimas de uma auto-ilusão. Porque uma vez que o evangelho é o poder de Deus para salvação e convoca a obediência, se não praticamos é sinal que não abraçamos verdadeiramente este evangelho. 

Portanto quem ouve e não pratica está enganando não a igreja, não os irmãos, não o pastor – mas engana a si mesmo e pode ter uma surpresa muito ruim ao final de sua vida, quando descobriu que serviu a Deus apenas de aparência. 

Diferente de outras ciências mais objetivas, a teologia corre o risco de acontecer apenas no campo da teoria. A teoria é sem dúvida importante. Afinal, o que temos de teologia sobre o cristianismo é resultado de mais de 2000 anos de reflexões de homens e mulheres que vieram antes de nós. 

Porém, de que adianta todas essas informações acumulativas se elas ficarem apenas no âmbito subjetivo da teoria? De que adianta estudarmos constantemente o cristianismo a ponto de conhecê-lo profundamente, mas não nos detivermos na prática? 

Deixar de cumprir o cristianismo na prática não é apenas a falha de uma parte de nossa fé, mas é a falha de todo um sistema religioso. A vida cristã é feita de ação e não apenas de teoria. 

Desafio
Você tem lido a Bíblia frequentemente? Se não tem lido, qual tem sido o obstáculo? As pregações que você ouve, você aplica para sua vida ou sempre pensa que a pessoa que deveria ouvir não estava presente?


Índice de artigos em Tiago
01 - Alegria nas provações
02 - Sabedoria nas provações
03 - Humildade nas provações
04 - Responsabilidade nas provações
05 - Rápido e demorado
06 - Expulsar e acolher
07 - Ouvir e praticar
08 - Fofoca: a síndrome da religião vazia
09 - A caridade na igreja
10 - O mundanismo é pior do que você imagina
11 - Igualdade e respeito na igreja
12 - Enxergando além das aparências
13 - A lei do amor
14 - A fé e o amor ao próximo
15 - Fé e obras
16 - Fé e ação
17 - Fé e obediência
18 - A fé de Abraão
19 - A fé de Raabe
20 - A maturidade cristã e o uso da língua
21 - Pela unidade da igreja
22 - O freio, o leme e a fagulha
23 - O poder aniquilador da língua
24 - A perversidade da língua
25 - A verdadeira sabedoria
26 - A sabedoria mundana
27 - A sabedoria que provém de Deus
28 - A batalha que você não deve entrar
29 - A oração que você não deve fazer
30 - Não seja amigo do seu inimigo
31 - A amizade que você não deve cultivar
32 - Três bênçãos
33 - Como você usa sua língua? Para benefício ou malefício?
34 - O que a fofoca revela sobre você
35 - "Pequeno" pecado, grande estrago
36 - A fragilidade da vida humana
37 - Se Deus quiser
38 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a miséria
39 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a frustração
40 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a destruição
41 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a degradação pessoal
42 - Seja paciente até a vinda de Jesus
43 - Seja paciente como o agricultor 
44 - Seja paciente como os profetas
45 - Seja paciente como Jó
46 - Sim, sim. Não, não.
47 - Exercitando a empatia

Tecnologia do Blogger.