Alegria nas provações


Meus irmãos, tendo por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes. - Tiago 1:2-4  


Alguém já disse para você que estava muito feliz por passar várias provações? Incomum, não é mesmo? Mas,apesar deste fato ir contra o pensamento geral, o que a Bíblia afirma aqui é a união de duas coisas que parecem anular-se mutuamente: provação e alegria. 

Até porque quando pensamos em problemas pessoais ou mesmo externos a nós, qualquer um destes sentimentos podem vir à tona: solidão, tristeza, angústia – menos alegria. A tendência natural das coisas é assim. 

Mas aqui o cristão é desafiado a ter outra perspectiva em relação aos problemas da vida. Ele é convidado a se alegrar. 

Mas como se alegrar nas provações? 

Tiago não sugere que o crente seja superficial ou alienado, mas oferece um conceito muito profundo e é o seguinte: As provações só podem ser recebidas com alegria quando existe o conhecimento de que elas são permitidas por Deus para um determinado propósito. 

O que deve nos alegrar é o fato de que todas as provações e testes da nossa fé, se bem enfrentados, resultam no crescimento moral e espiritual. Desenvolvem no nosso coração a PERSEVERANÇA, que é a capacidade de permanecer firme em direção ao alvo sem desviar. 

Cristãos maduros e completos são fruto final das provações. 

Desafio 
Temos vivido as nossas provações com alegria, encarando-as como oportunidade de desenvolver e amadurecer a nossa fé?

--------------------------------------------------
Andrei de Almeida Barros é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Em 1998 trabalhou como missionário em Portugal. Formou-se em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e ordenado pastor em 2004. Atualmente cursa Licenciatura em História. É fundador e editor do site www.semeandovida.org
Tecnologia do Blogger.