Responsabilidade nas provações (4)


Bem-aventurado o homem que suporta com perseverança a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam. Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e ele mesmo a ninguém tenta - Tiago 1.12-13 

Quando encaramos os problemas e provações que ocorrem na nossa vida de uma maneira equilibrada o resultado será crescimento. Contudo, as provações e problemas podem causar um efeito prejudicial se forem encaradas com a atitude errada. 

E a atitude errada é culpar a Deus pelo fascínio do pecado que acompanha as provações. Para deixar o assunto mais claro, Tiago define a diferença entre “tentação” e “provação”.

A provação refere-se a problemas e dificuldades que põem à prova a nossa fé. A tentação relaciona-se com maus desejos do nosso “eu”, que nos atraem para o pecado. 

Deus prova o cristão, porém nunca o tenta, no sentido de estimular o pecado. Deus não pode ser tentado pelo mal e a ninguém tenta! As tentações surgem na verdade da nossa própria inclinação pecaminosa e de fatores exteriores, como o mundo e satanás. 

Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então a cobiça, depois de haver concebido, dá a luz ao pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte. Tiago 1.14-15 

A tentação é ilustrada na figura da geração de um filho na barriga de uma mãe. A mãe é a nossa cobiça, nossa perversão. Nós flertamos com a nossa própria perversão e ela carregará o embrião do maldade. O filho que vai nascer é o pecado. E o pecado uma vez nascido, levado a fato, gera a morte. 

Tiago quer ter certeza de que os crentes não se enganarão a respeito disso e reforça que de Deus vem coisas boas. 

Não vos enganeis, meus irmãos. Toda a dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança. Pois, segundo o seu querer, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias de suas criaturas. Tiago 1.16-18 

Todas as dádivas vem de Deus, que nos ilumina. Foi ele quem criou os astros e estrelas, que estão sujeitos a eclipses, fases e sombras. Mas em Deus, o criador, há variações de qualquer espécie. Ele é absolutamente bom! Seu caráter é perfeito! 


Desafio
Há pessoas que durante as provações afirmam: “Deus não deveria permitir que eu fizesse tal coisa”... 

Há outros que colocam a culpa toda no diabo. Por mais que algumas pessoas coloquem sempre a culpa no diabo, até mesmo as sugestões do demônio não representam perigo, antes que elas se tornem “nossas”. Quando alguém faz isso, está tentando tirar a responsabilidade de si. 

É necessário assumir a responsabilidade pelos nossos atos. A Bíblia nos orienta a sermos responsáveis, perseverando com humildade, sabedoria e alegria.


Índice de artigos em Tiago
01 - Alegria nas provações
02 - Sabedoria nas provações
03 - Humildade nas provações
04 - Responsabilidade nas provações
05 - Rápido e demorado
06 - Expulsar e acolher
07 - Ouvir e praticar
08 - Fofoca: a síndrome da religião vazia
09 - A caridade na igreja
10 - O mundanismo é pior do que você imagina
11 - Igualdade e respeito na igreja
12 - Enxergando além das aparências
13 - A lei do amor
14 - A fé e o amor ao próximo
15 - Fé e obras
16 - Fé e ação
17 - Fé e obediência
18 - A fé de Abraão
19 - A fé de Raabe
20 - A maturidade cristã e o uso da língua
21 - Pela unidade da igreja
22 - O freio, o leme e a fagulha
23 - O poder aniquilador da língua
24 - A perversidade da língua
25 - A verdadeira sabedoria
26 - A sabedoria mundana
27 - A sabedoria que provém de Deus
28 - A batalha que você não deve entrar
29 - A oração que você não deve fazer
30 - Não seja amigo do seu inimigo
31 - A amizade que você não deve cultivar
32 - Três bênçãos
33 - Como você usa sua língua? Para benefício ou malefício?
34 - O que a fofoca revela sobre você
35 - "Pequeno" pecado, grande estrago
36 - A fragilidade da vida humana
37 - Se Deus quiser
38 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a miséria
39 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a frustração
40 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a destruição
41 - Apegue-se ao dinheiro e encontre... a degradação pessoal
42 - Seja paciente até a vinda de Jesus
43 - Seja paciente como o agricultor 
44 - Seja paciente como os profetas
45 - Seja paciente como Jó
46 - Sim, sim. Não, não.
47 - Exercitando a empatia

Tecnologia do Blogger.