62 - As missões e o cristianismo europeu


IV. AS MISSÕES E O CRISTIANISMO EUROPEU
Seria necessário uma obra volumosa para apresentar um mero esboço da História das Missões Cristãs no século XIX, durante o qual o cristianismo expandiu-se mais larga e rapidamente do que em qualquer outro tempo da sua história. 

O contato da Europa com a Ásia, África e os Mares do Sul (Pacífico), e o domínio das nações europeias sobre estas partes do mundo, aumentaram constantemente durante esse século, e por isto se verificou o progresso do cristianismo.

Quanto aos episódios da sua expansão entre os povos pagãos, os livros que tratam das modernas missões devem ser consultados. Não há espaço aqui para se relatarem os rasgos e a extraordinária epopeia da obra missionária em todos os quadrantes da terra.

Apenas alguns fatos passaremos a expor.



Inglaterra
O movimento missionário moderno começou, como vimos, na Inglaterra, nos fins do século XVIII. Ali, durante o século XIX, tornou-se ainda mais poderoso.

A igreja na Inglaterra teve duas sociedades de muita influência neste trabalho: a Sociedade Missionária Eclesiástica e a Sociedade para a Propagação do Evangelho. A primeira, representava os elementos da Igreja Baixa e a última, a Alta Igreja.

Todas as igrejas livres tinham importantes agências missionárias. Muitas sociedades indenominacionais, inglesas, como a Missão do Interior da China, organizada em 1865. não somente sustentaram trabalho missionário mas cooperaram para a divulgação da Bíblia e da literatura cristã.

A obra dessas sociedades já tão espalhada, foi ainda mais desenvolvida depois de 1850 com a abertura de trabalhos no Japão, China, índia e Africa, numa escala muito maior, e depois fortalecida pelo reavivamento missionário a partir de 1870.

Ao fim do século, as Sociedades inglesas aumentaram e desenvolveram sua obra missionária.

Escócia
A obra missionária surgiu na Escócia no início do século XIX como corolário do seu despertamento religioso, e desde então tem se fortificado cada vez mais.

Nenhumas outras missões foram devotadas e mais generosamente mantidas e mais inteligentemente dirigidas do que as escocesas.

Alemanha, Holanda
A Alemanha protestante sentiu logo cedo o contágio do reavivamento religioso começado na Inglaterra.

Em 1822 a Sociedade de Basiléia foi organizada e, pelo meio do século, seis outras organizações missionárias estavam operando, a maioria delas sem caráter denominacional.

A Sociedade Holandesa para a Propagação do cristianismo começou a enviar missionários em 1817, e várias outras organizações semelhantes surgiram depois.



França, Suíça e Escandinávia
Os protestantes franceses iniciam o trabalho missionário em 1824, e antes de 1850 várias sociedades missionárias são organizadas na Suíça e nos três países Escandinavos.

Assim, pelo meio do século XIX o protestantismo continental havia acordado para a obra missionária e realizava um trabalho que desde então vem se desenvolvendo cada vez mais.

O entusiasmo missionário moderno não se limitou ao protestantismo. A Igreja Romana, que mantinha muitos trabalhos no campo missionário, enquanto o protestantismo não havia despertado para essa obra, foi estimulada a maiores esforços.

Como as igrejas protestantes, a Igreja Romana aproveitou muitas oportunidades e iniciou trabalho missionário em várias partes do mundo.

(1) O nome "Igreja" veio do fato de esses homens desejarem que se exigisse para admissão na igreja não a fé ortodoxa mas o caráter cristão.


Por Robert Hastings Nichols

ÍNDICE

A preparação para o Cristianismo
01 - A contribuição dos Romanos, Gregos e Judeus
02 - Como era o mundo no surgimento do cristianismo

A fundação e expansão da Igreja
03 - Jesus e sua Igreja
04 - A Igreja Apostólica Até o Ano 100

A Igreja antiga (100 - 313) 
05 - O mundo em que a Igreja vivia (100 - 313)
06 - Características da Igreja Antiga (100-313)

A Igreja antiga (313- 590) 
07 - O mundo em que a Igreja vivia (313 - 590)
08 - Características da Igreja Antiga (313-590)

A Igreja no início da Idade Média (590 - 1073) 
09 - O mundo em que a Igreja vivia (590-1073)
10 - Características da Igreja no início da Idade Média 
11 - O cristianismo em luta com o paganismo dentro da Igreja

A Igreja no apogeu da Idade Média (1073 - 1294) 
12 - A Igreja no Ocidente - O papado Medieval - Hildebrando
13a - Inocêncio III
13b - A Igreja Governa o Mundo Ocidental
14 - A guerra da Igreja contra o Islamismo - As cruzadas 
15 - As riquezas da Igreja
16 - A organização da Igreja
17 - A disciplina e a lei da Igreja Romana
18 - O culto da Igreja
19 - O lugar da Igreja na religião
20 - A vida de alguns líderes religiosos: Bernardo, Domingos e Francisco de Assis
21 - O que a Igreja Medieval fez pelo mundo
22 - A igreja Oriental

Decadência e renovação na Igreja Ocidental (1294 - 1517)

23 - Onde a Igreja Medieval falhou
24 - Movimentos de protesto: Cataristas, Valdeneses, Irmãos
25 - A queda do Papado
26 - Revolta dentro da igreja: João Wycliff e João Huss
27 - Tentativas de reforma dentro da Igreja
28 - A Renascença e a inquietude social como preparação para a Reforma

Revolução e reconstrução (1517 - 1648) 
29 - A Reforma Luterana
30 - Como Lutero se tornou reformador
31 - Os primeiros anos da Reforma Luterana
32 - Outros desdobramentos da Reforma Luterana
33 - A Reforma na Suíça - Zuínglio
34 - Calvino - líder da Reforma em Genebra
35 - A Reforma na França
36 - A Reforma nos Países Baixos
37 - A Reforma na Escócia, Alemanha e Hungria

O cristianismo na Europa (1648 - 1800)
43 - A França e a Igreja Católica Romana
44 - A Igreja Católica Romana e a Revolução Francesa
45 - O declínio religioso após a Reforma
46 - O Pietismo
46 - A Igreja Oriental
47 - A Regra Puritana
48 - Restauração
49 - Revolução
50 - Declínio Religioso no começo do século 18
51 - O Reavivamento do Século 18 e seus resultados
52 - Os Pactuantes (Covenanters)
53 - O Século 18 na Escócia
54 - O Presbiterianismo na Irlanda

O Século 19 na Europa
55 - O Catolicismo Romano
56 - O Protestantismo na Alemanha, França, Holanda, Suíça, Escandinávia e Hungria
57 - O Movimento Evangélico na Inglaterra
58 - O Movimento Liberal
59 - O Movimento Anglo-Católico
60 - As Igrejas Livres
61 - As Igrejas na Escócia: despertamento, descontentamento e cisão
62 - As missões e o cristianismo europeu

O Século 20 na Europa
63 - História Política até 1935
64 - O Catolicismo Romano
65 - O Protestantismo no Continente
66 - A Igreja da Inglaterra
67 - As Igrejas Livres 
68 - A Escócia
69 - A Igreja Ortodoxa Oriental
70 - Outros países orientais
71 - O Movimento Ecumênico

O cristianismo na América
72 - As primeiras tentativas
73 - As Treze Colônias
74 - Reconstrução e reavivamento após a Guerra da Independência
75 - O Século 19 até 1830
76 - 1830 - 1861
77 - 1861 - 1890
78 - 1890 - 1929

Tecnologia do Blogger.