Hino 315 - Serviço do crente



1. Vamos nós trabalhar, somos servos de Deus, 
E o Mestre seguir no caminho dos céus! 
Com o seu bom conselho o vigor renovar, 
Diligentes fazendo o que ele ordenar.

    No labor, sem cessar, 
    A servir a Jesus. 
    Com amor e fé e com oração, 
    Até que volte o bom Senhor!

2. Vamos nós trabalhar e os famintos fartar 
Para à fonte os sedentos depressa levar! 
Só na cruz do Senhor nossa glória será, 
Pois Jesus salvação por seu sangue nos dá!

3. Vamos nós trabalhar, ajudados por Deus 
Que a coroa de glória nos dá lá nos céus. 
A mansão dos fiéis sempiterna será, 
Pois Jesus salvação inefável nos dá! 

Informações
Letra: Fanny Jane Crosby, 1820 - 1915
Tradução: Manoel Antônio de Menezes, 1885
Música: William Howard Doane, 1871

História
Continuando as informações do hino n° 305, destacamos a atuação do Rev. Manoel Antônio de Menezes no campo da hinologia. 

Poeta sacro e tradutor, publicou em Portugal um hinário intitulado "Colecção de Músicas Sacras" (Lisboa, 1885) que continha cento e quatorze hinos, alguns seus, outros compilados de outros hinários. 

Ao todo são dezesseis os hinos que chegaram até nossos dias, graças ao "Salmos e Hinos" que os editou e a outros hinários que os divulgam. "Novo Cântico" inclui sete deles. "Serviço do crente" é uma tradução do original de Fanny Crosby (hino n° 204) e música de William Howard Doane (hino n° 210), composta em 1871. 
Tecnologia do Blogger.