Hino 316 - Os intentos de Deus

Seu navegador não suporta o elemento audio


1. Os seus intentos cumpre Deus 
No decorrer dos anos.
Ele executa o seu querer 
De acordo com seus planos. 
Eia! Aproxima-se o final! 
Bem perto o dia vem, 
Quando a glória de Deus
Há de o mundo inundar 
Como as águas cobrem o mar.

2. Desde o longínquo Norte ao Sul, 
Em todos os recantos, 
Sai a mensagem do Senhor 
Da boca dos seus santos.
Povos, nações, vinde! Atendei! 
O seu apelo ouvi, Para a glória de Deus 
Vir o mundo inundar 
Como as águas cobrem o mar.

3. Com a bandeira de Jesus, 
Avante, caminhemos. 
Seu Evangelho, a salvação, 
Ao mundo anunciemos. 
Contra o pecado e todo o mal 
Lutemos com vigor 
Para a glória de Deus 
Vir o mundo inundar
Como as águas cobrem o mar.

4. Nosso trabalho vão será 
Se Deus não for presente. 
Só ele o esforço aqui bendiz 
E é quem nutre a semente. 
Eia! Aproxima-se o final! 
Bem perto o dia vem, 
Quando a glória de Deus 
Há de o mundo inundar 
Como as águas cobrem o mar. 

Informações
Letra: Arthur Campbell Ainger, 1894
Tradução: João Wilson Faustin, 1958
Música: Martin Shaw, 1931
Arranjo: Joaquim Silvério Costa, 1987

História
O Rev. Joaquim Silvério Costa é o arranjador deste hino muito apreciado entre nós, desde sua primeira publicação no "Hinário Evangélico" (1961). 

Nascido em Nepomuceno, MG, o Rev. Joaquim estudou no "Instituto José Manoel da Conceição", onde foi aluno de Evelina Harper, missionária que incentivou muitos talento musicais. Bacharelou-se em Teologia pelo Seminário Presbiteriano de Campinas e em Canto Orfeônico pelo "Conservatório Estadual" de São Paulo em 1960. 

Regeu coros em muitas igrejas, formou conjuntos itinerantes como "Apóstolo Paulo", "Mensageiros de Cristo" e continuou o trabalho da "Caravana Evangélica Musical" do JMC, iniciado por Evelina Harper em 1939. 

Após a ida do Rev. Faustini para os Estados Unidos, assumiu a direção do Departamento de Música do JMC, dando continuidade aos Seminários de Música Sacra e os Festivais Corais. 

Participou dos trabalhos da Comissão do hinário "Novo Cântico", marcando uma presença sóbria e inteligente quer como pastor, quer como músico, trabalhou na revisão da primeira fase de preparo do hinário e ajudou muito, com sua palavra amiga e incentivadora, os responsáveis pela finalização do trabalho. 

Pastoreou diversas igrejas sendo a igreja Betel (São Paulo) seu último e mais longo pastorado, dezessete anos. O Senhor o chamou em 1989, quando atuava na "Comissão Nacional de Música Sacra da IPB" organizando Seminários de Música Sacra em diversas cidades do Brasil.

Clique aqui para ver outros hinos
Tecnologia do Blogger.