Hino 150 - Salvação perfeita



1. Livres do medo!
Já resgatados!
Cristo morreu por nossos pecados!
Na sua cruz o pacto se fez,
Fomos remidos de uma vez.

     Sim, de uma vez!
     Amigo, acredita,
     No Salvador tens sorte bendita!
     Cristo, na cruz, a Lei satisfez
     E redimiu-nos de uma vez!

2. Ao malfeitor, que a pena merece,
Vida, perdão e paz oferece.
Vem a Jesus com santa avidez
Pois te recebe de uma vez!

3. Graça real! Não há mais castigo!
Não mais temor, nem sombra ou perigo!
Vestes reais, não triste nudez,
Cristo enriquece de uma vez!

4. "Filhos de Deus" - Oh! Gozo inaudito! "
Deus nos amou em grau infinito.
Nesta clemência não há dobrez,"
Há segurança de uma vez!

Informações

Letra: Philip Paul Bliss, 1838 - 1876
Tradução: Sarah Poulton Kalley, 1975
Música: Philip Paul Bliss, 1838 - 1876

História
Continuando a escrever sobre Philip Paul Bliss, registramos que em 1863 ele enviou um manuscrito a uma firma "Root & Cady" pedindo, em troca, uma flauta. Não só recebeu a flauta, como uma proposta para ser sócio da firma especializada em publicações musicais. 

Bliss participou da edição de hinários e coletâneas como "Gospel Songs" (1874) e a série "Gospel Hymns" junto com Ira D. Sankey. Também participou com artigos para o "The Musical Visitor". Dirigiu a música na Primeira Igreja Cogregacional em Chicago durante três anos. 

Participando, certa vez, de um congresso de pastores, Bliss dirigia o canto e preparou um discurso onde dizia: "...há muito pouco cântico do coração. Porque tão poucos ministros cantam? Não melhoraria suas vozes e também seus corações?" e, mais tarde "...creio que toda família cristã deveria ser uma banda de louvor e, se possível, cantora de salmos". 

No dia 29 de dezembro de 1876, voltando de trem para Chicago com sua esposa, houve um desastre que vitimou cerca de cem pessoas. Embora Bliss tivesse sido projetado para fora do trem, tentou voltar para retirar sua esposa dos escombros, tendo ambos perecido de maneira trágica. Assim, aos trinta e oito anos de idade, cessou a voz desse extraordinário cantor e evangelista que se tomou imortal através de seus hinos.


Clique aqui para ver outros hinos
Tecnologia do Blogger.