As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Hino 140 - Jornada do Crente


Guia, ó Deus, a minha sorte
Nesta peregrinação.
Frágil sou mas Tu és forte,
Não me largue a tua mão

Quando em meio de inimigos
Ando cheio de temor,
Ou por entre mil perigos,
Vem guiar-me, ó Salvador.

Com o teu maná divino
Vem nutrir meu coração!
Guie a nuvem meu destino
Nesta imensa solidão.

Fende a rocha milagrosa,
Dá-me puro manancial.
A coluna luminosa
Seja sempre o meu fanal.

Ao Jordão, enfim, chegado,
Dá-me tua mão, Senhor,
E seguro, no outro lado,
Cantarei o teu louvor. Amém.

Comentários