Salmo 39.7 em poucas palavras


“E agora, Senhor o que posso esperar? A minha esperança está em ti” – BLH.

O mar se lança bravio contra as rochas com suas fortes e impetuosas ondas. Os relâmpagos cortam o céu, o trovão ressoa, o vento se enfurece. No entanto, na fenda de uma rocha, um passarinho dorme, a cabeça serenamente sob as asas, um sono profundo. Isto é paz: ser capaz de dormir na tempestade!

Em Cristo, estamos calmos, na paz e em paz em meio às confusões, aos problemas e às perplexidades desta vida. A tempestade ruge, mas nosso coração descansa, e finalmente encontramos a certeza de uma paz que vai além de qualquer situação ou circunstâncias.

Oração:
Obrigado, querido Pai celestial, pela esperança que tenho em teu constante amor e justiça que me cercam a cada momento de minha vida. Em Jesus. Amém.

Por Gilberto Bueno

Índice - Em poucas palavras
Tecnologia do Blogger.