Em poucas palavras - 1 Coríntios 13.8


“O amor é eterno.
Existem mensagens espirituais, porém elas durarão pouco.
Existe o dom de falar em línguas estranhas, mas acabará logo.
Existe o conhecimento, mas também terminará” – BLH.

O primeiro passo para a construção de um lar cristãos feliz é a prática do amor. Os lares edificados sobre a base da atração sexual ou de outra coisa que não o amor estão fadados ao fracasso. O amor é a força que mantém a família unida. O verdadeiro amor tem um elemento de mistério espiritual.

E isto implica em lealdade, reverência e compreensão. O amor impõe uma tremenda responsabilidade a todos os membros da família, mas esta responsabilidade é sempre acompanhada de gloriosas retribuições. Diz a Bíblia que Cristo amou a igreja e deu-se a si mesmo por ela.

Como amou a igreja? Cristo a amou apesar de suas falhas, erros e fraquezas. O verdadeiro amor não falha. Persiste apenas de falhas de personalidade. O amor é profundo, contínuo e eterno. Só o amor, e nada mais, pode dar ao lar um sentimento de segurança.

Oração:
Ó Pai celestial, ajuda-me, hoje, a ouvir, amar e cuidar dos meus queridos com um coração semelhante ao teu. Em Jesus. Amém.

-----------------------------------------
Gilberto Bueno Filho, é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2001. Pós-Graduação em Ética, Cidadania e Subjetividade pela Escola Superior de Teologia em 2007. É fundador e editor do blog familiafariabueno.
Tecnologia do Blogger.