Hino 152 - Onisciência divina



1. Tu me sondaste a mim, ó Deus,
Não há segredo aos olhos teus!
Prevês por onde quero andar
E sabes como vou falar.

2. Contemplas tu meu interior!
Quem compreenderá, Senhor,
Tua ciência e o teu poder?
Pois infinito é teu saber.

3. Nas trevas e na clara luz
A mão divina me conduz!
E se fugindo acaso vou,
Por teu poder cercado estou.

4. Ó Deus da minha salvação,
Vem dominar meu coração;
Vem controlar o meu sentir,
E minha vida conduzir.


Informações
Letra: Salmo 139
Métrica: Sarah Poulton Kalley, 1865
Música: Martinho Lutero, 1483 - 1546 - Wittenberg, 1543

História
Publicada numa coletânea em Wittenberg, em 1543, esta melodia atribuída a Martinho Lutero tem sido relacionada com um texto também seu, baseado na hinódia latina (Sit laus, honor et Gloria). 

Com esse texto original, foi trabalhada por Dietrich Buxtehude em sua Cantata coral "Erhalt uns, Herr", por J. S. Bach como coral na Cantata n° 6 e na Cantata 126 que leva o mesmo título, e por diversos compositores do passado e de nossos dias, quer com harmonizações diversas, quer como base de trabalhos polifônicos. 

Neste hinário usamos o coral simplesmente harmonizado, associado à metrificação de D. Sarah Kalley para o Salmo 139.


  1. Clique aqui para ver outros hinos 
Tecnologia do Blogger.