Sociais

A igreja (5)


Em nossa reflexão anterior, tratamos da questão referente à pureza da igreja. Na ocasião, abordamos três princípios que testificam se uma igreja é pura ou não. 


Tais princípios foram a pureza doutrinária, a santidade de vida dos crentes que é possível por meio de uma vida em conformidade com a palavra. Na presente meditação, nosso tema será o mesmo, ou seja, a pureza da igreja. 

Contudo, diferentemente do que temos feito, ao invés de discorrermos sobre cada tópico, listaremos abaixo princípios que segundo Wayne Grudem contribuem para tornar uma igreja mais pura. 

Embora, alguns princípios já tenham sido abordados anteriormente, a repetição dos mesmos tem como objetivo salientar a necessidade de que não sejam negligenciados.

1. Doutrina Bíblica (ensino e pregação correta da Escritura).
2. Uso adequado dos sacramentos;
3. Aplicação correta da disciplina eclesiástica;
4. Adoração genuína;
5. Oração eficaz;
6. Testemunho eficaz;
7. Comunhão eficaz;
8. Governo eclesiástico bíblico;
09. Santidade de vida entre os membros;
10. Cuidado com os pobres;
11. Amor por Cristo;

------------------------------------
Carlos Eduardo Pereira de Souza  é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formou-se em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2012. Mestrado em Novo Testamento pelo Centro de Pós Graduação Andrew Jumper em 2013. Pós-graduado em docência do ensino superior, pela Universidade Paulista em 2016.

Google Plus