A doutrina do homem (6)


Na exposição anterior, mostramos que o homem ocupa lugar de proeminência na família. Conforme vimos, Adão foi criado primeiro e Eva foi feita sua auxiliadora. Finalmente, a liderança do homem é indicada pelo ato de dar nomes. Continuaremos essa abordagem, apontando outros elementos que comprovam a liderança de Adão.



1. A serpente aproximou-se primeiro de Eva

Após pecar, Satanás buscou distorcer o plano de Deus. Nesse propósito, como salienta Wayne Grudem, ao aproximar-se primeiramente de Eva Satanás tentou inverter a ordem daquilo que foi estabelecido por Deus, levando Eva tomar a liderança da família. Paulo tem isso em mente ao escrever: “E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão” (1 Tm 2.14). Portanto, ao abordar a mulher primeiro, o Diabo buscou minar o modelo de liderança do homem, estabelecido pelo Senhor.


2. Após a Queda, Deus falou primeiro com Adão
Do mesmo modo como Deus falou primeiramente com Adão antes da Queda, também o fez após a desobediência. Por mais que Eva tivesse pecado primeiro, Deus dirigiu-se primeiramente a Adão – “Onde estás?” (Gn 3.9). Adão, como era o líder de sua família, deveria ser procurado antes para dar as devidas explicações. Isso mostra que, mesmo após a Queda, a liderança dohomem no seio familiar permaneceu intacta.


3. Adão é o representante da raça humana
As declarações acima podem soar como machismo, preconceito ou tentativa de atribuir a Adão uma condição privilegiada. Mas trata-se de responsabilidade. Isso porque ainda que Eva tenha pecado, somos tidos como pecadores por causa do pecado de Adão e não por causa dela. Paulo declara que “em Adão todos morrem” (1 Co 15.22). Ele também escreve que “pela ofensa de um só, morreram muitos” (Rm 5.15). A liderança dada por Deus a Adão lhe conferiu a responsabilidade de representar a raça humana, bem como os efeitos dessa responsabilidade.

Conclusão
A liderança do homem na família é bíblica, e, portanto, inquestionável. A serpente tentou inverter isso, e após a Queda Deus dirigiu-se primeiro ao homem. Por isso, a Adão é atribuída a responsabilidade de que muitos morreram. Diante disso, cabe à igreja transmitir um ensino que não é decorrente de preconceito, mas fruto do modelo perfeito de família criado por Deus.
Tecnologia do Blogger.