Hino 178 - A excelência do amor



1. Qual o adorno desta vida?
É o amor, é o amor.
Alegria é concedida
Pelo amor, pelo amor.
E benigno, é paciente,
Não se torna maldizente,
Não se torna maldizente
Nem se ufana, esse amor.

2. Com suspeitas não se alcança
Vero amor, vero amor!
Onde houver desconfiança,
Ai do amor, ai do amor!
Pois mostremos lealdade,
Combatendo a falsidade, 
Combatendo a falsidade
Que destrói esse amor.

3. Não te irrites, mas tolera
Com amor, com amor!
Tudo sofre, tudo espera
Pelo amor, pelo amor.
O caminho excelente,
Ao segui-lo, vence o crente,
Ao segui-lo, vence o crente
Numa vida de amor!

4. O cristão, ao teu vizinho
Mostra amor, mostra amor!
O valor não é mesquinho
Desse amor, desse amor.
O supremo Deus nos ama;
Cristo para o céu nos chama,
Cristo para o céu nos chama,
Onde reina este amor
.

Informações
Letra: Sarah Poulton Kalley, 1867
Música: Melodia inglesa adaptada por Hubert Platt Main, 1839 - 1925
Harmonia: John Walter Clancy, 1888

Histórias
Este poema original de D. Sarah Poulton Kalley foi escrito em 1867, um ano após ter inaugurado uma classe de ensino de música para jovens interessados em aperfeiçoar o canto congregacional em sua igreja. Como vimos no hino n° 176, o texto foi associado a uma melodia inglesa adaptada por Hubert Plat Main. 

Este excelente músico nasceu em Ridgefield, Connecticut em 1839. Seu pai era editor de música e sócio da firma "Bigelow & Main", uma das melhores dos Estados Unidos e sucessora da firma de Bradbury (v. hino n° I 17), a "W. B. Bradbury Company". 

Desde a infância Hubert P. Main demonstrou talento musical e compôs seu primeiro hino aos dezesseis anos. Trabalhou na firma de Bradbury como consultor geral e tesoureiro. Foi compositor de muitas canções e arranjador de centenas de outras, em todos os gêneros, tendo sido considerado uma autoridade no campo da hinologia. 

Junto com Philip Phillips foi editor do hinário "Hymn and Tune Book" para a Igreja Metodista Episcopal. A biblioteca "Newberry" em Chicago adquiriu o acerbo de livros sobre canções americanas pertencente a Hubert P. Main, acervo este muito valioso e conhecido por Biblioteca Main. 

Ele faleceu em 1925. A música de nosso hino foi trabalhada harmonicamente por John Walter Clancy em 1888.0 hinário "Salmos e Hinos" traz, em sua última edição, diversos hinos com a participaçao de John W. Clancy, três dos quais incluímos no "Novo Cântico".

Tecnologia do Blogger.