Os atributos de Deus (3)


No último texto abordamos três daquelas qualidades que somente Deus tem (Atributos Incomunicáveis). Eram elas: existência autônoma, imutabilidade e eternidade. Hoje continuaremos nossa abordagem, refletindo sobre mais quatro dessas qualidades. Vejamos:

1. Onipresença. 
O teólogo Wayne Grudem define esta qualidade da seguinte forma: “Deus não tem tamanho nem dimensões espaciais e está presente em cada ponto do espaço com todo o seu ser; ele, porém, age de modos diversos em lugares diferentes” (cf. Sl 139.7-12).

2. Onipotência. 
Este atributo diz respeito à capacidade que Deus tem de fazer todas as coisas conforme o seu querer. Entretanto, essa definição deve ser tomada com cautela, visto que há aquilo que Deus não pode fazer, como mentir, pecar ou negar a si mesmo (cf. Ef 3.20, Is 6.3; Nm 23.19, 1 Tm 2.13).

3. Onisciência. 
Tal qualidade é a capacidade de conhecimento absoluto que Deus tem a respeito daquilo que está encoberto aos olhos humanos, tais como pensamentos, sentimentos, vida, passado, presente, futuro e todo universo (cf. Sl 139. 1-6).

4. Unidade. 
Esta qualidade quer dizer que Deus é um. Conforme aponta o teólogo Louis Berkhof, isso quer dizer que existe somente um Ser Divino e que todos os outros seres têm sua existência dele, por meio dele e para Ele (cf. Jo 17.3).

Conclusão. 
Como pode ser visto, segundo a Bíblia, Deus diferencia-se de sua criação também pelo fato de que algumas de suas qualidades não são partilhadas, em qualquer grau, com o homem. Hoje finalizamos essa reflexão, estudando quatro dessas qualidades, a saber: onipresença, onipotência, onisciência e unidade. Que tenhamos ciência disso, e que temamos e adoremos o Seu nome.
Tecnologia do Blogger.