Sociais

Os atributos de Deus (2)


Conforme vimos no último artigo, Deus tem duas modalidades de atributos (qualidades). Os primeiros são os incomunicáveis e levam esse nome pelo fato de que somente Deus os tem, não compartilhando-os,em nenhum grau, com o homem. Os segundos são os comunicáveis, os quais são compartilhados com o ser humano. 

Falaremos um pouco sobre os incomunicáveis a partir de hoje. Vejamos:


1. Existência autônoma. 
Essa qualidade diz respeito ao fato de que Deus existe por si mesmo, não dependendo do homem para que venha a existir. Esse é o sentido da expressão EU SOU O QUE SOU, que aparece em Ex 3.14. Quando Deus disse isso, tinha como objetivo estabelecer um contraste entre Ele e as divindades adoradas no Egito, criadas pelos homens e que nada podiam fazer. O homem, por sua vez, difere de Deus porque sua existência é produto da criação de Deus (Gn 1.27; 5.1,2; Sl 95.6, Is 42.5).


2. Imutabilidade. 
Uma das declarações a respeito desse atributo encontramos em Ml 3.6. Assim está escrito: “Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.” Diferentemente dos homens, não há mudança nas perfeições de Deus, no seu caráter, no seu poder e no seu amor. Como o próprio texto demonstra, se assim não fosse, certamente seríamos consumidos por causa de nossa inconstância.


3. Eternidade.
 Ser eterno quer dizer que Deus não está preso a nenhum conceito de tempo. Em outras palavras, Deus não tem começo, meio ou fim. Ele simplesmente existe. Paulo escreveu: “Assim, ao Rei eterno, imortal, invisível, Deus único, honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém!” (1 Tm 1.17). O homem difere disso porque sua existência teve um marco inicial – o dia em que foi concebido no ventre materno (Sl 139).


Conclusão. 
Embora sejamos criados à imagem e semelhança de Deus, há qualidades Nele que não se fazem presentes em nós. Trata-se dos atributos incomunicáveis. Segundo o que aprendemos hoje, três destes atributos são: existência autônoma, imutabilidade e eternidade. Que o Senhor fixe tal ensino em nossa mente e coração, habilitando-nos a proclamá-lo tal como nos é revelado.

------------------------------------
Carlos Eduardo Pereira de Souza  é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formou-se em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2012. Possui Mestrado em Divindade com concentração no Novo Testamento pelo Centro de Pós Graduação Andrew Jumper em 2013.

Google Plus