A obra do Espírito Santo (1)


Como sabemos muito bem, o Espírito Santo é a terceira pessoa da Trindade. Ele tem papel fundamental na Criação, na sustentação e, de modo particular, na igreja.

Diante disso, a série que agora iniciamos tem como objetivo promover uma compreensão básica sobre a obra do Espírito Santo no mundo e na igreja, como segue:

1. Ele dá vida
É função do Espírito Santo conceder vida a todas a criaturas. Isso é reconhecido pelo salmista quando escreve: “Envias o teu Espírito, eles são criados, e, assim, renovas a face da terra” (Sl 104.30). Se porventura Deus recolhesse seu Espírito, todo ser vivente voltaria ao pó (Jó 34.14-15). 

Da mesma forma, o Espírito é o agente responsável pela regeneração do crente. Jesus ensinou: “O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito” (Jo. 3.6). Finalmente, esse mesmo Espírito é aquele que trará de volta à vida o nosso corpo mortal, na vinda de Cristo (Rm 8.11).

2. Ele dá poder para o serviço
No Antigo Testamento, o Espírito Santo equipou pessoas para serviços especiais. Ele capacitou Josué com sabedoria e no trabalho de liderança (Nm 27.18; Dt 34.9). Também habilitou os juízes, como Otoniel, Gideão, Jefté e Sansão, para libertar Israel de seus opressores. 

No NT, o Espírito é quem capacita Cristo no exercício de seu ministério (Mt 3.16) e seus discípulos para o serviço de suas testemunhas (At 1.8). Finalmente, é ele que habilitou os cristãos para o pleno trabalho no reino de Deus (1 Co 12.7).

3. Ele purifica
Uma das principais funções do Espírito é a purificação dos pecados e a santificação do crente. Por meio de sua ação, o homem é convencido do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.18) e, assim, efetua um rompimento com os padrões do pecado. 

Após esse rompimento na conversão, o Espírito produz crescimento em santidade de vida, produzindo o que Paulo chamou de “fruto do Espírito” (amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio) (Gl 5.22-23) que reflete o caráter de Deus.

Tecnologia do Blogger.