A obra do Espírito Santo (3)


Na edição anterior, abordamos outros aspectos referentes à obra do Espírito Santo na vida do crente. De acordo com o que vimos, Ele revelou aos escritores a palavra de Deus para ser escrita, é quem evidencia a presença de Deus e guia o seu povo.

Na presente reflexão temos como objetivo demonstrar mais aspectos concernentes à obra do Espírito Santo.



1. Ele cria um ambiente harmônico com Deus

O Espírito cria uma atmosfera que reflete a imagem de Deus. Ele convence do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.8-11), cria um ambiente sem confusão (1 Cor 14.33), transmite a verdade (Jo 14.17), a sabedoria (Dt 34.9), o conforto (At 9.3), a liberdade (2 Co 3.17), a esperança (Rm 15.13), a consciência da filiação ou adoção divina (Rm 8.15), a unidade (Ef 4.3) e o poder (At 1.18). 

Finalmente, Paulo resume a ação do Espírito classificando-a como produção do fruto, conforme Gl 5.22-23.


2. Ele concede segurança

O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus (Rm 8.16). Isso quer dizer que o Espírito confirma em nós a certeza de que somos filhos do Senhor. 

Ele também permanece em nós, de modo que nunca estaremos sozinhos, assim como aconteceu com os discípulos. Isso quer dizer que jamais seremos abandonados pelo Espírito, ou que ele poderá será retirado de nós (1 Co 3.16-17; Jo 4.13).


3. Ele ensina e ilumina o povo

Outra obra do Espírito Santo é sua ação de ensino da palavra de Deus, juntamente com a iluminação a fim que os cristãos possam entendê-la. Esse é um dos motivos pelos quais Paulo foi levado a escrever: “Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espírito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente” (1 Cor 2.12). 

Por conta disso, aquele que não tem o Espírito de Deus está incapacitado de entender as coisas de Deus, visto que para o incrédulo, elas se constituem em loucura.


Conclusão

O ministério do Espírito Santo na vida da igreja é abundante e tem muitas características. De acordo com o que foi visto nesta reflexão, Ele é responsável por criar um ambiente que se relaciona com a santidade de Deus. Além disso, Ele concede segurança, ensino e habilitação para entendê-lo. Que essas características nos estimulem a sermos cada vez mais cheios do Espírito Santo.

Tecnologia do Blogger.