Sociais

A graça comum (2)



Já refletimos sobre alguns aspectos da graça comum. Em poucas palavras, graça comum é a manifestação da bondade de Deus sobre justos e injustos. Essa bondade se expressa por meio do domínio físico, intelectual e moral. Na presente meditação, abordaremos outras expressões da graça comum.


1. Domínio criativo

Esse aspecto diz respeito ao fato de que Deus tem concedido aos homens expressivos talentos para a produção artística, musical e cultural, assim como a capacidade de criação nos mais variados segmentos, tais como medicina, arte culinária, literatura, atividades atléticas etc. Enfim, Deus dá ao homem a capacidade de apreciar a beleza da criação através das mais diversas expressões.


2. Domínio social
Caracteriza-se pelas várias organizações e estruturas da sociedade, como a família, por exemplo. Adão e Eva, mesmo após a queda, permaneceram como marido e mulher e tiveram filhos, mantendo a estrutura idealizada por Deus. 

Outra organização é o governo, estabelecido por Deus em Gn 9.6 e reconhecido por Paulo: “Não há autoridade que não proceda de Deus” (Rm 13.1). Além dessas, há outras organizações que levam certa medida de bem para o homem, tais como indústrias, hospitais, associações voluntárias (de caridade, por exemplo) e instituições dedicadas ao ensino.


3. Domínio religioso
Deus concedeu mestres, pastores e pessoas responsáveis pelo governo da igreja visando sua edificação e direção (Ef 4.11-13; 1 Tm 3.1-7). Wayne Grudem também destaca o fato de que Cristo ordenou que orássemos pelos perseguidores, o que pressupõe a possibilidade Dele responder à nossas preces (Mt 5.44). 

Paulo ordenou que intercedêssemos pelas pessoas investidas de autoridade (1 Tm 2.1-2). A própria proclamação do evangelho é uma expressão de graça derramada sobre os incrédulos (1 Tm 2.4). Todas essas atitudes demonstram a graça de Deus sendo dispensada a todos, indistintamente.


Conclusão

Deus é eternamente gracioso. Esse atributo não se restringe à igreja, mas engloba a todos, inclusive incrédulos. Dentre tantas manifestações, mencionamos aqui três. São elas: o domínio criativo, o social e o religioso. Que Deus seja sempre louvado e enaltecido por conta dessa tamanha expressão de bondade.

------------------------------------
Carlos Eduardo Pereira de Souza  é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formou-se em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2012. Mestrado em Novo Testamento pelo Centro de Pós Graduação Andrew Jumper em 2013. Pós-graduado em docência do ensino superior, pela Universidade Paulista em 2016.

Google Plus