O Rosto Dirá


Alegria no rosto do rei é sinal de vida; seu favor é como nuvem de chuva na primavera
Provérbios 16.14 

Nosso rosto reflete nossos sentimentos, pensamentos e desejos. Uma história ilustra muito bem isso: 

Certa vez, um rei e um grupo de cavaleiros viajavam pelo reino, a cavalo, em busca de caça. Depois de algum tempo cavalgando, eles chegaram às margens de um rio que havia transbordado devido a uma forte tempestade. 


Uma velha ponte de madeira tombara com a violência das águas revoltas e fora arrastada rio abaixo. Com isso, cada cavaleiro se viu forçado a atravessar o rio a cavalo, lutando contra a forte correnteza. 

Com espírito de bravura, cada um sentia o perigo e a possibilidade real de morte durante a travessia. Um viajante, que não fazia parte do grupo, ficou a observar a coragem daqueles cavaleiros. 

Depois de vários terem chegado à outra margem, o viajante perguntou ao rei se ele poderia transportá-lo para o outro lado do rio. O rei concordou sem hesitar. O homem subiu no cavalo do rei e logo depois ambos chegaram em segurança ao outro lado. 


Quando o viajante desceu da sela, um dos cavaleiros perguntou a ele: 
- Diga-me, por que escolheu o rei para pedir esse favor? 

O homem ficou surpreso e admitiu não saber que fora o rei quem o ajudara. 
- Tudo que sei - disse ele - é que no rosto de alguns de vocês estava escrita a palavra “não” e no de outros a palavra “sim”. O rosto dele dizia “sim”. 

Não há como esconder, como disfarçar. Muitos podem até não perceber, mas nossa feição demonstra o que se passa dentro de nós, seja o bem ou seja o mal. Provérbios 21.29 diz que “o ímpio mostra no rosto a sua arrogância, mas o justo mantém em ordem o seu caminho”. 

Se queremos demostrar confiança, devemos começar cuidando do coração. Provérbios 27.19a diz: “o coração reflete quem somos nós”. 

Que as pessoas, ao olhar para nós, possam sentir-se seguras. Que possam ver em nossos olhos coragem e muitas outras coisas boas. 

A melhor beleza pode ser vista no olhar.

Tecnologia do Blogger.