Dívida de amor



Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a Lei
Romanos 13.8

Paulo fala que nós devemos cumprir nossos compromissos financeiros: “A ninguém fiqueis devendo coisa alguma”. Vem então a lembrança de um compromisso mais importante ainda, o amor ao próximo. 


E ele diz: “Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros”. 

Parece que ele está dizendo que devemos ficar em dívida de amor, que podemos ficar devendo amor. Mas na verdade, ele quer nos lembrar que temos uma dívida contínua para com o nosso próximo, o amor. 

Está dívida de amor não pode ser quitada, pois todas as vezes que nos encontramos com uma pessoa precisamos tratá-la com amor, pagar nossa dívida de amor. 

Não podemos desprezar as pessoas, não devemos tratá-las mal. Seja em casa, no trabalho, na rua, seja uma pessoa pobre, rica, bonita, feia, doce ou azeda, devemos amá-la. 

Ele conclui dizendo: “pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a Lei”.



Certa vez ouvi uma comparação que dizia que cada encontro com uma pessoa é como uma visita ao banco, você pode fazer um depósito ou retirada. 

Se você for ao banco muitas vezes e só retirar dinheiro da sua conta, logo seu saldo vai diminuir. Se você visitar o banco e depositar dinheiro em sua conta ou poupança, seu saldo vai crescer. 

Da mesma forma, se cada vez que nos encontramos com alguém fazemos uma retirada, tratamos mal, olhamos feio, contamos uma piadinha irônica, nosso saldo vai diminuindo. 

Mas, se quando encontramos alguém, somos carinhosos, simpáticos e sinceramente tratamos com amor, nosso saldo vai aumentar.

Paulo disse: “Pagai a todos o que lhes é devido” (Rm 13.7a). 

Ele ensina que todos nós devemos pagar nossas dívidas. Também nos lembra que dívida não se limita às dívidas financeiras como impostos ou compras, mas que temos uma dívida para com o nosso próximo que é a dívida de amor. “A quem respeito, respeito; a quem honra, honra” (Rm 13.7a).

Temos o compromisso de amar nosso próximo como a nós mesmos. 

Tecnologia do Blogger.