Limpeza de mente


Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus - Mateus 5.8


Certa vez a mídia noticiou um grande problema pelo qual estavam passando numa cidade. Os lixeiros deixaram de coletar o lixo e entraram em  greve. Bastou uma semana para as calçadas estarem cheias de sacos plástico e o cheiro ser insuportável. 


Aconteceu algo parecido com a festa de São Benedito em Tietê (SP). Caravanas e mais caravanas de ônibus trouxeram pessoas para a festividade. Quando terminou a cidade estava completamente suja e com cheiro repugnante, pois na falta de banheiros públicos muitos faziam suas necessidades pela rua mesmo. 

O lixo e a sujeira são coisas desagradáveis, por isso queremos nos livrar deles. Ou alguém gosta de guardar algo que não é reciclável, não tem utilidade e, muito pelo contrário, pode causar danos à sua saúde? 

Esse lixo pode ser descartado, jogado fora e a sujeira removida. Isso se aplica não somente ao plano material, mas também ao plano espiritual. Devemos jogar fora o lixo e remover as manchas de nosso ser. 

A Palavra de Deus diz felizes são os limpos de coração, pois verão a Deus (Mateus 5.8). Mas o que significa ser limpo de coração? Significa uma mente sem malícia, sem maldade, sem hipocrisia, enfim uma mente sem pecado. 

Mas do que depende esta higiene?  

1 - A higiene mental depende de um autoexame 
“Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice” - 1 Coríntios 11.28

Comer do pão e beber do cálice é um momento de comunhão com Deus. Para desfrutarmos desta  realidade com o Senhor é necessário o autoexame para ver se estamos em conformidade com as Sagradas Escrituras. Por ventura o homem pode ter comunhão com Deus vivendo em pecado? As transgressões fazem separação entre o homem e o Senhor. 

Davi não somente examinava-se como também pedia ao Senhor: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno (Salmo 139. 23 e 24). 

Precisamos ter a mesma atitude de autoexame e reflexão. Como tem sido nosso proceder? No que temos pensado? No que estamos falhando? Este é um primeiro passo para uma higiene mental, para nossa purificação. Qual foi a ultima vez que você fez isso? 

2 - A higiene mental depende do arrependimento 
Com base no nosso autoexame devemos nos arrepender. Porém, o arrependimento verdadeiro não é apenas um sentimento, mas também uma ação. João Batista, o precursor de Jesus pregou o arrependimento ao povo Judeu, pelo que muitos se arrependeram e foram batizados por ele. Mas o arrependimento dos fariseus e saduceus estava sendo apenas aparente, ou seja, falso. 
Vendo ele, porém, que muitos fariseus e saduceus vinham ao batismo, disse-lhes: Raça de víboras, quem vos induziu a fugir da ir vindoura? Produzi pois frutos dignos de arrependimento - Mateus 3.7 e 9 
Não basta apenas intenção de mudar. Temos que de fato agir. Arrepender-se é mudar de atitude, é tomar uma nova e boa direção. 
“Lavai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos, cessai de fazer o mal. Aprendei a fazer o bem(...)” - Isaías 1.16-17
Deus dá tempo a nós para que nos arrependamos. A mensagem de Isaías foi pregada por ele ao povo de Israel por aproximadamente 70 anos. E o que aconteceu? O povo não ouviu e nem entendeu, continuou no pecado e por consequência disso foram escravizados. 

Se não analisarmos nossas vidas e nos arrependermos de nossas falhas acontecerá o mesmo conosco, seremos escravizados pelo pecado. 

3 - A higiene mental depende do controle de conteúdo 
“...andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne" - Gálatas 5.16 

O que é andar no Espírito? É proceder, agir de acordo com o Espírito Santo que habita em nós. Mas para tal é necessário que controlemos o conteúdo que ao qual somos expostos todo o dia. Não basta tirar o lixo, fazer uma limpeza, é preciso manter este novo estado, é preciso colocar novas e boas coisas em nossa mente. 

O Apóstolo Paulo nos diz qual deve ser este conteúdo:
“...Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo que é amável, tudo que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento” - Filipenses 4.8,9
Se tirarmos o que é mau e não colocarmos o que é bom no lugar fatalmente o tentador e a nossa própria natureza corrompida nos levarão de volta ao estado pecaminoso anterior. 

Há um dito popular que diz que a ‘mente vazia é oficina do diabo’. O que temos colocado dentro de nossas mentes? Há tanto conteúdo na palavra de Deus, em livros devocionais e em diversas outras coisas. Mas é mais fácil ligar a TV e assistir passivamente um festival de imoralidades.


Conclusão

Como sabemos, o rio Tietê era um local de pesca para muita gente, alguns chegavam até a nadar nele. Mas com o passar dos anos foram sendo jogados lixo, esgoto, produtos químicos e depois de tanto tempo sem tomar nenhuma providência o governo resolveu recuperá-lo. 

Só que agora ficou muito difícil, o custo da obra de recuperação é altíssimo e a possibilidade dele voltar a ser como antes, mesmo com todos os esforços que o Estado ou ambientalistas investirem, é pequena. 

O mesmo ocorre com pessoas, algumas passaram a vida toda absorvendo detritos de forma que debilitaram o seu próprio corpo e mente. E que mesmo com uma restauração Espiritual por obra de Deus, podem carregar sequelas para o resto da vida. 

Não podemos nos conformar com as coisas erradas que o mundo oferece e que só nos fazem mal. Diz a palavra de Deus: “E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus - Romanos 12.2

Então que o Senhor nos ajude a nos autoexaminar, a nos arrependermos de nossas falhas e a guardar em nossa mente um bom conteúdo, em especial a Palavra de Deus. E que o "hoje" seja o tempo dessa atitude e decisão.

--------------------------------------------------
Danilo Cassemiro de Campos é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2010. Ordenado em 2011. Bacharel em Design (Projeto do Produto) pela Faculdade Asseta de Tatuí (2008), além de Técnico em Processamento de Dados e Hardware (1998 e 2002). É fundador e editor do site www.maravilhosagraca.org
Tecnologia do Blogger.