Qual sua motivação para ir à igreja?



Já reparou que as igrejas ficam mais cheias durante datas e eventos especiais? No natal, por exemplo, é comum o aumento significativo na frequência. Cultos com grandes autoridades, cantatas, a presença de um pregador diferente, tudo isso pode encher uma igreja.


Isso me faz perguntar: qual a motivação das pessoas ao irem para a igreja? Será que é apenas quando estão comovidas por determinada época do ano ou por gostarem de coisas grandiosas e extraordinárias?

Vamos ver o que motivava a Jesus. E a partir dessas lições, pensemos quais têm sido nossas motivações. Porque Jesus ia ao templo? 

1 - Jesus ia ao templo por ser casa de oração 

Mateus 21:13
13 -  E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração... 

Jesus é quem mesmo faz a declaração acima, citando o profeta Isaías. Sendo assim, por que Jesus ia ao templo? Para orar, porque o templo é casa de oração, é local de comunhão com Deus. Jesus o Filho tinha comunhão com o Pai pela oração. 

E nós, por que devemos ir à igreja? Qual deve ser nossa motivação? 

A igreja continua sendo Casa de Oração. Nela temos um ambiente propício e tranquilo para experimentarmos comunhão com Deus, nos desligando de todos os problemas exteriores. Mas infelizmente há muita gente, como os discípulos no Getsêmani, cochilando quando deveriam vigiar e orar, como nos recomenda a Palavra de Deus.

2 - Jesus ia ao templo por ser local de louvor

Salmos 22:3
3 -  Contudo, tu és santo, entronizado entre os louvores de Israel.

Deus está entronizado no meio dos louvores, ele habita no meio dos louvores. Israel, o povo escolhido de Deus, pela obra de Jesus não se restringe mais a uma nação específica, mas é toda a Igreja de Deus!

Nós somos o povo de Deus e esse maravilhoso Deus habita no meio dos nossos louvores. Por isso Jesus ia ao templo, pois ele sendo Deus está entronizado entre os louvores. 

Essa é uma grande motivação para irmos à igreja, para louvar e exaltar a Deus. A igreja é lugar de louvor e adoração! Mas o louvor não deve se limitar ao templo, nem a uma única forma. Todavia faz parte de uma vida cristã saudável a adoração comunitária.

3 - Jesus ia ao templo para curar e ensinar

Marcos 1:21
21 -  Depois, entraram em Cafarnaum, e, logo no sábado, foi ele ensinar na sinagoga. 

Mateus 12:9,10 e 13
9 -  Tendo Jesus partido dali, entrou na sinagoga deles.
10 -  Achava-se ali um homem que tinha uma das mãos ressequida...
13 -  Então, disse ao homem: Estende a mão. Estendeu-a, e ela ficou sã como a outra.

Jesus costumava frequentar sinagogas, uma forma de templo dos judeus. Lá ele ensinava e até mesmo curava. Sendo assim o templo também era local de cura. 

Nós devemos ir ao templo para receber a cura espiritual de Jesus, aprendendo os seus ensinamentos. Mas também podemos servir como agentes de cura e ensino, pois segundo a Palavra do Senhor somos despenseiros da multiforme graça de Deus. 

Esse é um grande motivo para virmos a Casa de Deus, ser edificado e edificar o outro - 1 Tessalonicenses 5.11

4 - Jesus ia ao templo para purificar

Mateus 21:12-13
12 -  Tendo Jesus entrado no templo, expulsou todos os que ali vendiam e compravam; também derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas.
13 -  E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a transformais em covil de salteadores.

O templo como já afirmamos anteriormente era a Casa de Oração, mas estavam ocorrendo irregularidades ali. A presença de cambistas era necessária especialmente pelos judeus e prosélitos estrangeiros uma vez que conseguiam trocar seu dinheiro pela moeda corrente. Todavia estava havendo perda de valores na transição do câmbio, tornando o processo praticamente um roubo.

É por isso que Jesus toma uma atitude drástica para purificar aquele local. Jesus literalmente virou a mesa dos cambistas expulsando-os de lá. Jesus tinha e tem autoridade para promover essa verdadeira limpeza. 

Quando nos achegamos a casa de Deus, o Espírito Santo nos auxilia numa limpeza também, pois ao ouvir a mensagem ou estudo, ele age em nosso ser, nos constrange, nos faz enxergar os erros que cometemos, faz-nos entender como proceder retamente. 

Um experiente pastor me contou que sua mãe o disse, quando ainda jovem, que deveria ler mais a Bíblia e que assim procedendo muitas coisas erradas que ele fazia não existiriam mais em sua vida. Ele acatou as palavras de sua mãe, leu a Bíblia toda. Chegou a conclusão de que não era mais o mesmo. Tinha mudado para melhor!

Isaías 1:16
16 -  Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer o mal.

Conclusão 
Jesus deu-nos o exemplo de que precisamos ir ao templo, precisamos comparecer a casa de Deus, com a correta motivação.

Cristo não deixou de ir ao templo mesmo existindo os escribas e fariseus, que eram hipócritas e conspiravam para tirar a vida dele. Ele sabia que haviam maiores motivos para ir ao templo, pelo que não se importou tanto com a maldade de alguns. 

Até hoje, Deus deixa crescer o joio, espécie de praga, junto do trigo, planta de valor e utilidade alimentícia, a fim de separá-los no dia da colheita, o dia em que Cristo virá sobre as nuvens buscar os escolhidos.

Que o Senhor nos dê sempre força e saúde para frequentarmos a igreja, e que não seja apenas em cultos especiais, mas que a cada semana tenhamos esse privilégio!

--------------------------------------------------

Danilo Cassemiro de Campos é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2010. Ordenado em 2011. Bacharel em Design (Projeto do Produto) pela Faculdade Asseta de Tatuí (2008), além de Técnico em Processamento de Dados e Hardware (1998 e 2002). É fundador e editor do site www.desimax.com.br
Tecnologia do Blogger.