Ser RBD ou DC?




“...se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada;
porque a boca do Senhor o disse” – Isaías 1.20.

A toda pessoa teimosa, indisciplinada, insubordinada e obstinada chamamos de REBELDE, isto por não se submeter a alguma autoridade, não acatar a ordens ou mesmo a disciplinas. Porém, toda pessoa que se submete a alguém ou algo, sem oferecer resistência chamamos de DÓCIL. 

Algumas novelas, especificamente direcionadas para o público teen, têm assustado alguns pais e pessoas comprometidas com a boa formação e educação dos filhos diante do desserviço que ela presta, levando nossa juventude, ainda na sua tenra idade a acharem lindo serem RBD.

A Bíblia nos adverte através do profeta Isaías que quando dividimos a vida entre sagrado e secular, Deus mesmo convida-nos a levarmos uma vida íntegra e coerente em todos os níveis da vida, purificando nossos atos, tirando a maldade diante dos olhos do Senhor e aprendendo a fazer o bem aos necessitados, pobres e desprovidos (Is 1.10-17).

O Justo e Reto Juiz chama-nos para uma conversa franca e honesta, um bate-papo ao pé do ouvido, mesmo sendo o maior dos pecadores, para considerarmos e avaliarmos a situação e o coração, cujo momento sagrado e em oração leva-nos à verdadeira reflexão e decisão. Mas, “se...” o profeta condiciona, não receberemos as bênçãos de Deus, se continuarmos RBD – rebeldes.

Nossas crianças e teens devem ver que somos DCs – dóceis, pessoas consagradas e que buscam agradar e fazer a vontade do Pai, e não RBDs, revelando e vivenciando uma caricatura do evangelho.

Ouçamos a voz do Soberano e Poderoso que nos convida a não mais resistirmos a sua graça e bênção.

No temor e em amor,-----------------------------------------
Gilberto Bueno Filho, é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2001. Pós-Graduação em Ética, Cidadania e Subjetividade pela Escola Superior de Teologia em 2007. É fundador e editor do blog familiafariabueno.
Tecnologia do Blogger.