Se eu soubesse


Ah! Se eu soubesse onde o poderia achar! Então, me chegaria ao seu tribunal
Jó 23:3

Uma frase que estamos sempre ouvindo ou dizendo é: Se eu soubesse...

-Se eu soubesse que aquele primeiro passo me levaria à uma vida de erros e vícios!...

Mas você não sabia? Não sabia que existem milhares de pessoas que deram o mesmo passo e que hoje são infelizes? Você não sabia porque não observa as coisas ao redor!


-Se eu soubesse que minhas palavras iriam ofender tanto meu amigo!...

Mas você não sabia o poder que têm as palavras? Não sabia que a língua é um pequeno fogo que incendeia um grande bosque?

Não sabia que com a língua louvamos a Deus com a mesma língua amaldiçoamos o homem, também feito ‘a imagem de Deus e por quem também Cristo morreu?


-Se eu soubesse que este casamento não iria dar certo!...

Mas você não sabia porque não quis dar ouvidos à voz da razão. Todo mundo sabia que não daria certo. Só você fez questão de não saber! Conselhos não lhe faltaram!


-Se eu soubesse que esta prova ia ser tão difícil!...

O que você teria feito? Teria se preparado melhor? Mas você devia ter se preparado para qualquer tipo de prova. Assim não teria surpresa.


-Se eu soubesse o dia da minha morte!...

Pense bem. Em que esse conhecimento iria melhorar a sua vida? Procure viver de tal forma a não temer o “depois”.


-Se eu soubesse onde é que estão os que já se foram!...

Preocupe-se em localizar-se você mesmo no espaço e descobrir por que você está “aqui”. Os que já foram, já se foram e não voltam mais. De nada adianta preocupar-se com eles.


-Se eu soubesse onde encontrar a paz e a tranquilidade!...

Paz e tranquilidade são dons de espirito e você pode encontrá-las em seu próprio espírito. Crie um ambiente de paz e tranquilidade ao seu redor e você descobrirá que a paz e tranquilidade não são difíceis de encontrar.


-Se soubesse como ganhar na loto!...

Não lhe interessa saber quantos perdem para você ganhar? Já pensou na falta que faz para quem perde, o dinheiro que você ganha?


-Se eu soubesse que a vida era tão difícil!...

O que você faria? Fugiria? Para onde? O jeito é ficar e assumir a responsabilidade de viver.


-Se eu soubesse que essas visitas iam chegar de surpresa!...

Então aprenda você também a nunca chegar de surpresa, pois evitará que a mesma indagação seja feita por outrem.


-Se soubesse com quantos paus se faz uma canoa!...

Procure fazer a sua própria canoa. Se os paus forem poucos faça uma canoa menor que lhe permita pelo menos atravessar as correntezas da vida.


-Se eu soubesse quanto dói uma saudade!...

Mas você nunca teve saudades? Coitado! Sinal de que nada de bom há em seu passado!


-Se eu soubesse quanto vale um bom conselho!... 

Quem sabe se não é porque eles são dados de graça que você não sabe o seu valor!


-Se eu soubesse o que fazer para ser feliz!...

Uma coisa você já sabe, que é preciso ser feliz, já é alguma coisa.


-Se eu soubesse o que meu filho virá a ser no futuro!...

Faça tudo por ele no presente para que quando ele “for” você possa dizer que ele “é" graças a você, ou na pior das hipóteses, apesar de você.



-Se eu soubesse o que irá acontecer amanhã!...

Não lhe interessa o que está acontecendo hoje?


-Se eu soubesse o rumo da minha vida!...

Trate de comprar uma bússola!


-Se eu soubesse onde é que Deus está!...

Deus está em toda parte, até dentro de você, você só precisa senti-lo.


Se eu soubesse o que fazer para me salvar!...

Essa foi a indagação de um velho carcereiro da cidade de Felipos. A resposta para ele, e para você, deu-a o apóstolo Paulo: “crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo...” (Atos 16.31)


Tecnologia do Blogger.