Nasceu o Salvador



Mas tu, Belém-Efrata, embora pequena entre os clãs de Judá, de ti virá para mim aquele que será o governante sobre Israel. Suas origens estão no passado distante, em tempos antigos - Miquéias 5.2

Natal é uma época do ano muito agradável e festiva. As famílias se reúnem, estranhos se cumprimentam, a gratidão invade muitos corações. 

Nesta época é quase impossível alguém não refletir, mesmo que por apenas um momento, sobre a história do nascimento do Salvador Jesus Cristo narrada na Bíblia. 

Não podemos esquecer que esta data é uma data escolhida no calendário para esta comemoração. Mas não temos dificuldade de celebrar o nascimento de Jesus só porque não é o dia correto. 



E podemos sim aproveitar esta ocasião para relembrar os fatos relacionados a esta linda história. Aproveitar para proclamar a boa nova de grande salvação - o nascimento da salvação através do nascimento do salvador. 

Encontramos nas palavras de Miquéias uma profecia a respeito do nascimento de Jesus. Ele diz que de Belém virá o governador de Israel. 

Miquéias destaca que Belém não era a mais importante cidade. Era pequena entre os clãs de Judá. Existiam outros lugares mais célebres, como a própria Jerusalém. Mas a vontade de Deus foi que Jesus nascesse na cidade de Davi. O jovem humilde que se tornou o grande Rei de Israel. 

Jesus nascer em Belém vem demonstrar sua proximidade com os humildes. Jesus Cristo sempre vai em meio aos pequenos. 

“Olharei para o pobre e abatido de espírito, e que treme da minha palavra” (Isaías 66.2). 

Não somente aos pequenos financeiramente, mas aos humildes de espírito. Jesus nasce no coração daqueles que reconhecem que são pequenos e que necessitam da sua graça, daqueles que reconhecem que Deus enviou seu filho Jesus para o salvar e também daqueles que se sujeitam ao governo de Deus, que tem temor, que obedecem à sua palavra. 

Nasceu Jesus, o Salvador e Senhor das nossas vidas.

Tecnologia do Blogger.