A veracidade da Palavra de Deus


Veracidade é a qualidade daquilo que é conforme a verdade. Em outras palavras, é a qualidade da exatidão e da fidelidade. Ambos os conceitos são aplicáveis à Palavra de Deus. Ela é exata, ela é fiel. Na presente reflexão abordaremos alguns aspectos dessa tema.



1. A Bíblia não fala com falsidade

Os autores bíblicos afirmam que as palavras da Escritura, a despeito de serem escritas por homens, são do próprio Deus. Há vários testemunhos a esse respeito. Tito 1.2 afirma que “Deus não pode mentir”.

Hebreus 6.18 afirma que existem duas coisas que são imutáveis, a saber, os juramentos e as promessas. Tudo o que Deus declarou ocorre tal como ele disse. Por isso, o autor escreve: “É impossível que Deus minta”. Logo, podemos confiar plenamente em suas palavras, visto que é impossível que Deus profira uma mentira.


2. A Bíblia não contém erro

Tudo o que o homem precisa saber a respeito de Deus, de modo especial, está na Bíblia. E não há qualquer tipo de engano nessa revelação. O salmista diz que as palavras do Senhor são palavras puras, prata refinada em cadinho de barro, depurada sete vezes (Sl 12.6).

O salmista usa essa imagem para afirmar que a pureza da palavra de Deus não é diluída. Em Provérbios 30.5 lemos que toda a Palavra de Deus é pura. Diante dessas e de tantas outras declarações, podemos afirmar que não há equívocos sobre a revelação que Deus faz sobre si na Bíblia.


3. A Bíblia é padrão definitivo da verdade

Em João 17.17, Jesus ora ao Pai: “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade”. Aqui Jesus não diz que a Palavra de Deus é verdadeira, mas sim, que é a própria verdade.

A Bíblia é a Palavra de Deus, que por sua vez é a definição final do que é e do que não é verdade. Ela é a referência a respeito de qualquer coisa que se diga ou pregue. Sendo assim, tudo aquilo que não está de acordo com a Escritura deve ser rejeitado prontamente e recebido como mentira.


Conclusão

Pode-se afirmar categoricamente que a Bíblia, a Palavra de Deus, é fiel e exata. Isso com base em várias passagens que testificam essa afirmação. Ela não fala com falsidade, não contém erros; logo é o padrão de toda verdade. Que sejamos moldados pela Escritura e não por aquilo que achamos ser o certo.

------------------------------------
Carlos Eduardo Pereira de Souza  é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formou-se em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2003 e pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2012. Mestrado em Novo Testamento pelo Centro de Pós Graduação Andrew Jumper em 2013. Pós-graduado em docência do ensino superior, pela Universidade Paulista em 2016.

Tecnologia do Blogger.