Você tem consciência do seu valor?


"Não valeis vós muito mais do que elas?". Estas palavras foram ditas por Jesus Cristo depois de condenar a demasiada solicitude humana pela vida.


Ele disse que Deus alimenta as aves do céu e veste a erva do campo, cuja existência é efêmera. Então faz a pergunta - não valeis vós muito mais do que elas? Jesus acha que o homem vale muito mais do que as aves do céu e do que os lírios do campo porque estes existem em função daquele.

Estes são acidentais ao passo que aquele, o homem, é o essencial. As aves existem para embelezarem o ambiente, para amenizar a vida do homem na terra. A erva existe para alimentar o homem preservando-lhe a vida. Se Deus preserva as aves e a erva naturalmente é porque Ele quer, antes disso, manter a vida do homem, dando-lhe inclusive uma vida de qualidade melhor.

Mas o homem nem sempre se dá o devido valor, quando não se desvaloriza conscientemente ainda mais. Deus criou o homem com um organismo perfeito, capaz de funcionar uma vida longa, inteira em perfeitas condições.

O homem, porém, que tem um carro cuida mais do carro, trocando-lhe o óleo periodicamente, calibrando os pneus, fazendo revisões periódicas, do que de sua própria vida!

Trabalha em demasia ou não trabalha nada; envenena o sangue com a gula, enche os pulmões e os brônquios com a fuligem, adultera a natureza com as drogas e com os vícios. Envenena a mente com subliteratura e com pornografia barata.

É comum encontrar-se um homem caindo aos pedaços, física e moralmente, morando em mansões muito bem cuidadas. Deus estabeleceu leis para a preservação da vida humana, mas o homem não só desconhece essas leis como, acintosamente, as desrespeita.

O limite legal de velocidade nas estradas é de oitenta quilômetros por hora. O homem anda a cento e cinqüenta, arrebenta-se numa curva e depois vem dizer que foi Deus que quis assim! O que Deus quer é que o homem seja inteligente, cumpridor das leis.

No pensamento de Deus o homem vale muito mais do que tudo que possa existir.

Você tem consciência do seu valor, caro leitor? Quanto você vale? Cuide-se bem. Não decepcione o seu criador que, como Deus, o conhece muito bem e sabe de suas reais possibilidades de ser útil a você mesmo, à sociedade a começar com a família e, principalmente, para Deus para cuja glória e honra você foi criado.

--------------------------------------------------
Samuel Barbosa é pastor jubilado da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formou-se em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 1960. Posteriormente graduou-se em Letras, Pedagogia, Supervisão Escolar e Especialização em Língua Portuguesa com produtiva carreira acadêmica. Pastoreou as igrejas presbiterianas de Apiaí, Correias e Itararé entre 1961 e 1962. Foi pastor da Igreja Presbiteriana de Itararé durante 32 anos até sua jubilação. Presidiu o Presbitério de Itapetininga por 22 anos e é pastor emérito das Igrejas Presbiterianas de Itararé e Itaberá. 
Tecnologia do Blogger.