A Bíblia


A Bíblia é um livro Cristocêntrico. O velho Testamento é uma preparação para a vinda do Cristo ou do Messias prometido, com profecias específicas sobre o "Libertador de Israel". O Novo testamento é o cumprimento de tudo que foi dito no velho a respeito do Messias. 

A Bíblia é um livro para ser conhecido cuja mensagem é para ser incorporada à experiência e à vida do homem. Não é suficiente conhecer a Bíblia, é necessário viver segundo sua mensagem.


Há muita gente que já leu na Bíblia "Não matarás", mas vive a "matar" o tempo, a reputação, a honra, o bom nome do próximo. Há muita gente que já leu na Bíblia "Não adulterarás", mas vive adulterando em todos os sentidos, falsificando declarações, alterando verdades, forjando subterfúgios, verdadeiros adultérios. 

Há muita gente que já leu na Bíblia "Não terás outros deuses diante de mim", no entanto ao invés de honrar e servir a Deus, honra e serve a uma infinidade de deuses inferiores pelos quais substitui o verdadeiro Deus. 

Há muita gente que já leu na Bíblia "Honra a teu pai e tua mãe", no entanto vive denegrindo a honra e o bom nome dos pais, desonrando-os com sua maneira de viver. 

Outros então, no afã de interpretar a Bíblia ao "pé-da-letra" forjam mensagem que ela não contém. Em nome de uma exegese literal, muita gente entende que Deus criou o mundo em seis dias de vinte e quatro horas e descansou - Deus se cansa? - num sétimo também de vinte e quatro horas. 

O sol, determinante do nosso dia só foi criado no quarto dia. Como seria considerado o primeiro, o segundo e o terceiro? A palavra hebraica traduzida por "dia" é Ion que significa tempo. Há que se considerar os antropomorfismos usados pelos escritores sagrados. Há que considerar as ordenanças de ordem permanente e aquelas de ordem imediata para um povo e para um tempo. 

Não se pode usar a Bíblia como horóscopo que se consulta antes de uma viagem ou antes de fazer um negócio. Há que se considerar a Bíblia como um livro divino com a participação humana. Ela tem uma mensagem para o ser humano. Descobrir essa mensagem e sua aplicação na vida é dever de todo homem. 

A Bíblia continua a transformar a vida de muita gente que a aceita como única regra de fé e prática de vida devocional. Mas para que isso aconteça é necessário que se observe a recomendação do apóstolo São Paulo: "No mais irmãos, não quero que sejais ignorantes..."

Faz referência ainda, o grande apóstolo, a culto racional, culto por parte de quem sabe o que está fazendo e não simplesmente por ouvir dizer que deve ser feito. Se os responsáveis pela paz no mundo procurassem viver segundo as normas de vida encontradas na Bíblia, sem complicações e sem fanatismo, a paz seria uma realidade e a felicidade humana não apenas uma esperança. 

Leia a Bíblia.

--------------------------------------------------
Samuel Barbosa é pastor jubilado da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formou-se em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 1960. Posteriormente graduou-se em Letras, Pedagogia, Supervisão Escolar e Especialização em Língua Portuguesa com produtiva carreira acadêmica. Pastoreou as igrejas presbiterianas de Apiaí, Correias e Itararé entre 1961 e 1962. Foi pastor da Igreja Presbiteriana de Itararé durante 32 anos até sua jubilação. Presidiu o Presbitério de Itapetininga por 22 anos e é pastor emérito das Igrejas Presbiterianas de Itararé e Itaberá. 
Tecnologia do Blogger.