A igreja do sonho de Deus


Tito 2.2 a 6

Saber que a igreja é o Corpo de Cristo deveria nos levar a um relacionamento genuíno e verdadeiro com o nosso próximo. No entanto, o que temos percebido é que mesmo cultuando a Deus juntos, muitos de nós não se importam em se relacionar com as pessoas que estão em volta. 

A pergunta que surge é: Será que essa atitude agrada o coração de Deus? O apóstolo Paulo responde está pergunta ao dar instruções a Tito de como deve viver a comunidade cristã. Ele orienta cada grupo para que se comporte a fim de agradar a Deus. 


Orientações aos homens. Paulo se dirige aos homens mais velhos usando o termo ‘presbítero’, que indica uma vida de experiências com Deus. Essa vivência faz com que o homem cristão seja alguém equilibrado, sóbrio, capaz de se controlar nas mais variadas situações da vida. Será alguém digno de respeito, centrado em obedecer a Deus, desenvolvendo assim uma espiritualidade sadia na fé, amor e perseverança. Em outras palavras, o que o apóstolo quer dizer é: envelhecer é um fato inevitável; amadurecer é uma opção. Os homens mais velhos precisam assumir a responsabilidade de se tornarem exemplos de vida cristã para as vindouras gerações. 

Orientações às mulheres. A orientação para as mulheres mais velhas é que “sejam serias em seu proceder”. Ter uma conduta apropriada afeta todas as áreas da vida, da vestimenta ao palavreado. Uma mulher cristã não deve viver destruindo a vida de pessoas com as palavras. Deve ser equilibrada e especialista em fazer o bem, sendo um exemplo e referência para as mulheres mais novas. Tal comportamento deve ser exemplar para que, como ensina a lista de virtudes no versículo 5, a Palavra de Deus não seja difamada. Já pensou nisso? Difamamos a Palavra de Deus quando nossa conduta não está de acordo com os princípios que a mesma estabelece.

Orientações aos jovens. O termo “de igual modo” relaciona todas as orientações anteriores (dadas aos homens e as mulheres mais velhas) aos jovens. Lembre-se que na cultura bíblica o jovem é alguém que tem menos de 30 anos. E qual é a orientação? Os jovens devem olhar o exemplo dos cristãos mais velhos com discernimento, critério e avaliação. Os bons exemplos deixados por esses experientes cristãos devem ser imitados pelos mais novos, que os têm como ponto de referência. 

A aplicação destes princípios para o contexto da igreja é muito simples: cada pessoa deve assumir o compromisso de cuidar dos outros membros do corpo. Por exemplo, na igreja reformada, no ato do batismo infantil, a igreja assume a responsabilidade de ser exemplo para a criança que está sendo batizada.

Outro exemplo é o que acontece nas reuniões em lares onde pessoas são tratadas e cuidadas. E dentro deste raciocínio, a mulher mais velha vai ser mãe para quem não tem mãe, o homem velho vai ser pai de quem não tem pai. Esse princípio deve ser aplicado a todas as classes de pessoas que convivem conosco no contexto da igreja.

Para pensar
Você está envelhecendo. Está também amadurecendo?
Que tipo de referência você tem sido para a vindoura geração?
Você tem feito de sua igreja um lugar acolhedor?

-----------------------------------------
Josimar Gabriel da Rocha é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formou-se Bacharel em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 1993 Foi ordenado pastor em 1995. Trabalhou como missionário no Rio Grande do Sul como plantador da Igreja de Alegrete, RS.
Tecnologia do Blogger.