Sociais

Deus prova nossa fé



Nós podemos observar nos nossos dias, que muitas pessoas tem se tornado evangélicas. Várias delas falam de experiências maravilhosas com Deus. Muitas igrejas se utilizam das experiências das pessoas para promover o evangelho da prosperidade. Neste tipo de pregação as provações são minimizadas.

Mas nós sabemos que Deus muitas vezes nos prova, o Senhor testa a nossa fé. Eu pergunto, o que acontece com aqueles que se entusiasmam com o evangelho da prosperidade quando a provação chega, quando a dificuldade bate à porta?

Muitos acabam achando que Deus os abandonou.

O Senhor prova nossa fé e de várias maneiras. Vejamos o que a palavra de Deus nos diz acerca desse assunto, tomando por base um pouco da história de Abraão, “o Pai da fé”.



1 - DEUS PÕE À PROVA NOSSA FÉ 

a) Ao pedir o melhor de nós 
Gênesis 22:1-3
1 - Passado algum tempo, Deus pôs Abraão à prova, dizendo-lhe: "Abraão! " Ele respondeu: "Eis-me aqui".
2 - Então disse Deus: "Tome seu filho, seu único filho, Isaque, a quem você ama, e vá para a região de Moriá. Sacrifique-o ali como holocausto num dos montes que lhe indicarei".
3 - Na manhã seguinte, Abraão levantou-se e preparou o seu jumento. Levou consigo dois de seus servos e Isaque seu filho. Depois de cortar lenha para o holocausto, partiu em direção ao lugar que Deus lhe havia indicado.
Deus manda Abraão lhe entregar o que de melhor ele possuía: seu filho Isaque, a quem tanto amava. Mandou que Abraão o oferecesse em sacrifício. E o que ele fez? Murmurou contra Deus? Achou algo difícil demais de fazer? 

Não. Abraão levantou-se de madrugada e foi prontamente oferecer o que ele tinha de melhor ao Senhor, seu filho Isaque.  

Deus provou a fé de Abraão lhe pedindo o melhor que ele podia oferecer. E o Senhor prova a nossa fé quando ele pede que nós o amemos de todo o coração, de todo o nosso entendimento, com todas as nossas forças.

Mas mas como oferecer o nosso melhor? Nós precisamos nos esforçar para sermos servos fiéis, servos que trabalham, servos de valor. A palavra de Deus nos diz: “Maldito é aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente!” - Jeremias 48.10

Nós precisamos estar empenhados na obra do Senhor. Precisamos dar o melhor de nós, pois Deus prova a nossa fé a fim de comprovar se estamos realmente dispostos a lhe entregar o melhor. 

Deus põe à prova nossa fé...
b) Quando testa nossa obediência 
Gênesis 22:9-10
9 -  Quando chegaram ao lugar que Deus lhe havia indicado, Abraão construiu um altar e sobre ele arrumou a lenha. Amarrou seu filho Isaque e o colocou sobre o altar, em cima da lenha.
10 -  Então estendeu a mão e pegou a faca para sacrificar seu filho.

Abraão obedeceu a Deus, estava pronto para sacrificar seu filho amado. Talvez ele não entendesse a lógica daquela ordem dada por Deus naquele momento, mas ele obedeceu. 

Muitas vezes Deus prova a nossa fé, nos experimentando quanto a nossa obediência. Às vezes nós não entendemos tão bem os preceitos do Senhor contidos em Sua palavra, podemos até questioná-los, mas a palavra de Deus é fiel e verdadeira. 

O fato é que Deus nos prova quanto a nossa fé através de nossa obediência. Se o nosso Pai celeste nos orienta a procedermos de uma determinada maneira, temos que ter fé para seguirmos o que Ele nos manda. 

Abraão passou nesse teste, ele tinha fé. Precisamos seguir o seu exemplo, precisamos atender prontamente a voz do Senhor que fala ao nosso coração. 

Deus põe à prova nossa fé...
c) Quando verifica se o negamos alguma coisa 
Gênesis 22:12
12 -  "Não toque no rapaz", disse o Anjo. "Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho. "
Deus prova a nossa fé ao verificar se lhe negamos alguma coisa. Abraão não o negou nem mesmo seu filho, seu único filho. 

Às vezes eu me pergunto: será que eu tenho negado algo a Deus? Será que nós temos negado algo ao Senhor? Ele não está nos pedindo nada como o filho de Abrão, ele está pedindo que nos apresentemos a Ele como sacrifício santo, puro agradável, que é o nosso culto racional. 

Quantas vezes nós negamos isso ao Senhor por motivos fúteis ou até sem qualquer motivo? Temos que agir a semelhança de Abraão que não negou nada, absolutamente nada. 


Deus põe à prova nossa fé...
d) Quando verifica se cremos em Sua providência 

Gênesis 22:7-8
7 -  Isaque disse a seu pai Abraão: "Meu pai! " "Sim, meu filho", respondeu Abraão. Isaque perguntou: "As brasas e a lenha estão aqui, mas onde está o cordeiro para o holocausto? "
8 -  Respondeu Abraão: "Deus mesmo há de prover o cordeiro para o holocausto, meu filho". E os dois continuaram a caminhar juntos.
Abraão acreditava na providência de Deus, quem sabe ele estivesse crendo que o Senhor poderia ressuscitar o seu filho, caso fosse necessário. 

E o que aconteceu? Deus não deixou que Isaque fosse sacrificado. 
Gênesis 22:10-14
10 -  Então estendeu a mão e pegou a faca para sacrificar seu filho.
11 -  Mas o Anjo do Senhor o chamou do céu: "Abraão! Abraão! " "Eis-me aqui", respondeu ele.
12 -  "Não toque no rapaz", disse o Anjo. "Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho. "
13 -  Abraão ergueu os olhos e viu um carneiro preso pelos chifres num arbusto. Foi lá, pegou-o e sacrificou-o como holocausto em lugar de seu filho.
14 -  Abraão deu àquele lugar o nome de "O Senhor proverá". Por isso até hoje se diz: "No monte do Senhor se proverá".
Deus realmente providenciou o cordeiro para o sacrifício, Abraão acreditou até o último instante na providência de Deus, ele teve fé até o último momento. 

O Senhor prova a nossa fé, quando verifica se nós cremos em sua providência. Será que temos crido no auxílio de Deus? Temos passado neste teste? Se não temos, algo está errado, precisamos fortalecer a nossa fé. 

A Bíblia nos diz que a fé vem pelo ouvir e ouvir a palavra de Deus. Não podemos nos desesperar diante das aflições desta vida. É necessário acreditarmos na ajuda de Deus, nos colocarmos perante ele em oração e ele não nos negará o seu socorro. 



2 - QUANDO NOSSA FÉ RESISTE ÀS PROVAÇÕES

a) Recebemos bênçãos de Deus 
Gênesis 22:15-17
15 -  Pela segunda vez o Anjo do Senhor chamou do céu a Abraão
16 -  e disse: "Juro por mim mesmo", declara o Senhor, "que por ter feito o que fez, não me negando seu filho, o seu único filho,
17 -  esteja certo de que o abençoarei e farei seus descendentes tão numerosos como as estrelas do céu e como a areia das praias do mar. Sua descendência conquistará as cidades dos que lhe forem inimigos
Deus, após ver que Abraão resistiu às provações, disse que o abençoaria. É isso que nos ocorrerá também se nós resistirmos às provações: “somos abençoados”. A palavra de Deus nos diz que "o choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo” - Salmo 30.5

Uma senhora de muita fé gostava de citar sempre este verso. Dizia ela que quando estava passando por provações, era porque estava perto de receber alguma bênção de Deus. E de fato ela recebia! 

Nós precisamos firmar a nossa fé em Cristo, precisamos resistir às provações. 

Quando nossa fé resiste às provações...
b) Recebemos a coroa da vida 

Gênesis 22:15-18
15 -  Pela segunda vez o Anjo do Senhor chamou do céu a Abraão
16 -  e disse: "Juro por mim mesmo", declara o Senhor, "que por ter feito o que fez, não me negando seu filho, o seu único filho,
17 -  esteja certo de que o abençoarei e farei seus descendentes tão numerosos como as estrelas do céu e como a areia das praias do mar. Sua descendência conquistará as cidades dos que lhe forem inimigos
18 -  e, por meio dela, todos povos da terra serão abençoados, porque você me obedeceu".
Constatamos nesta parte final do texto que nos serviu de base, que, por Abraão ter obedecido à voz do Senhor, na descendência dele seriam benditas todas as famílias da terra. Mas por que, hoje na descendência de Abraão nós somos benditos? Eis a resposta:
Mateus 1:1
1 -  Registro da genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão:
Nós somos abençoados, pois da descendência de Abraão, nasceu Jesus. Aquele que nos deu a salvação, a bênção maior. 

Para alcançar a coroa da vida precisamos a penas crer em Jesus - Atos 16.31

Mas alguém pode se perguntar: - Então eu só preciso crer? Quer dizer que se eu não buscar o Senhor eu serei salvo da mesma forma? 

Em Apocalipse 2.10 lemos: “Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida”. Também em Mateus 24:13 - “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo”. 

Eu faço uma pergunta a você leitor: quem é que tem mais condição de resistir às provações até o fim, até a morte? Seria aquele que busca a Deus de todo coração ou aquele que teima em permanecer distante de Deus, teima em não ouvir a voz de Deus? 

Concluindo
Certa vez algumas crianças de rua estavam dentro de uma casa abandonada orando para que Deus lhes mandasse pelo menos alguns pães. Um homem que não acreditava em Deus estava passado por esta casa e resolveu aplicar-lhes um golpe. 

Foi até a padaria e comprou alguns pães e deixou para as crianças encontrarem. Ele caçoava delas dizendo: - Coitadinhas, são tão ingênuas, elas vão pensar que foi Deus quem atendeu o pedido delas. 

Moral da história: aquele homem que não acreditava em Deus foi usado pelo Senhor para suprir a necessidade daquelas crianças abandonadas. Foi válida a fé delas? Sem dúvida, e ainda muito mais ela nos é válida. 

Deus prova a nossa fé, temos que fortalecê-la a fim de ganharmos a coroa da vida. Rogo a Deus para que nossa fé nunca desfaleça. 

--------------------------------------------------
Danilo Cassemiro de Campos é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2010. Ordenado em 2011. Bacharel em Design (Projeto do Produto) pela Faculdade Asseta de Tatuí (2008), além de Técnico em Processamento de Dados e Hardware (1998 e 2002). É fundador e editor do site www.desimax.com.br
Google Plus