Encher do Espírito


Gálatas 5.16-26

Em um mundo onde as virtudes estão cada vez mais esquecidas, somos bombardeados diariamente com malícia, sensualidade e toda sorte de impurezas pelos meios de comunicação.

Um exemplo disso é o que pude ver certa vez em um antigo programa que passava na Globo, chamado de "Você decide", no qual a história era contada e os telespectadores decidiam o final. Aquele episódio falava de uma empresária, já de idade avançada, que reclamava do uso de apelo sexual na propaganda de sua empresa.

Algo estranho já que a maioria dos clientes seriam as donas de casa, pois se tratava de um supermercado. Isso foi esclarecido pelo chefe do departamento de propaganda com o argumento de que o Marketing exige apelação sexual.

Esse tem sido o artifício para muitos empresários impulsionarem as vendas de seus produtos. E a pergunta crucial é: como podemos nos manter puros em um mundo que jaz no maligno? 

Eis as respostas que encontramos na Palavra de Deus:


1 - Andando no Espírito 

Diante de Gálatas 5.16,17, podemos dizer que o Espírito Santo de Deus é quem nos mantém puros, não deixando que nós sejamos levados pelas vontades do nosso corpo e de nosso coração. Nosso coração é tremendamente corrupto segundo a Palavra de Deus.

Andar no Espírito é uma vida de maior consagração e comunhão para com Deus. E para tal é preciso muita oração, leitura da Palavra de Deus e reflexão sobre a mesma. Essas são armas infalíveis contra as impurezas do mundo ou até mesmo contra o nosso coração corrupto. 

Portanto se nos fizermos negligentes neste sentido nos tornamos vulneráveis às impurezas que nos cercam. 

2 - Mantendo-nos afastado do que é impuro. 

Diante das circunstâncias não podemos dizer que conseguiremos nos manter afastados de todas as coisas impuras, todavia  há muitas que podem e devem ser extirpadas de nossas vidas tais como certas revistas, programas, filmes e conteúdos na internet onde há malícia e sensualidade. 

Estas coisas tem um grande poder de atrair nossa atenção, pois despertam em nós os apetites da carne. Porém observe o que diz Gálatas 5.24 - Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. 

Os que são de Cristo mataram os seus desejos, extirpando-os de suas vidas. Quando nos depararmos com imagens picantes, mudemos de canal, quando ouvirmos alguma música no rádio cheia de impureza mudemos de estação e assim por diante. Não podemos nos fazer negligentes achando que somos imunes e resistentes. O mal muitas vezes penetra vagarosamente e vai mudando profundamente nossos conceitos. 

3 - Não deixando nossa mente nem nosso coração vazios. 

Nós não devemos deixar nossas mentes e corações vazios, mas sim, preenchê-los com a Palavra de Deus. Já dizia o ditado, com razão, "mente vazia é oficina do diabo”.

Quando estivermos passando por esse tipo de situação devemos memorizar um trecho da Palavra, por mais pequeno que seja, e que esteja relacionado às nossas maiores fraquezas. Memorizando e acima de tudo guardando e meditando, nós estaremos nos precavendo contra as impurezas que nos afrontam diariamente. 

Davi nos diz o seguinte no Sl 119.11: “Guardo no coração as tuas palavras para não pecar contra (Ti ) Deus”. A palavra de Deus além de nos instruir, nos fortalece. 

4 - Quando sabemos que realmente estamos andando no Espírito: 

a) Pelos frutos 

A árvore que não dá bons frutos de nada serve se não para lenha e este é o destino daqueles que não andam no Espírito (Mateus 3.10), pois apresentam frutos ruins os frutos da carne ou obras da carne.

Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. - Gálatas 5.19-21
Se nos enquadramos em qualquer uma destas coisas, não estamos andando no Espírito. Agora vejamos quais são os bons frutos:


Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei - Gálatas 5.22,23
b) Quando nós temos paz. 

Quando andamos no Espírito sentimos paz em nosso coração.


Que a paz de Cristo seja o juiz em seus corações, visto que vocês foram chamados a viver em paz, como membros de um só corpo. E sejam agradecidos. - Colossenses 3:15
Entretanto, há pessoas que conseguem enganar a si próprios distorcendo até mesmo os mandamentos e preceitos de Deus a seu benefício. Há outros que atribuem a culpa de seu pecado a outrem assim como nossos primeiros pais Adão e Eva fizeram. 

Essa não deve ser nossa atitude. Quando cedermos à tentação nós devemos assumir a culpa dos nossos pecados e nos arrependermos.  Davi diz que enquanto não confessou seu pecados envelheceram-lhe os ossos por constantes gemidos.(Sl 32.3) 

Conclusão
Certa vez um jovem convidou uma amiga para ir fazer uma visita na sua igreja. Surpreendentemente ele recebeu a seguinte resposta:  - Eu posso até ir a sua igreja porque eu sei que você segue direito a sua religião mas se fosse alguém indecente me convidasse eu nunca iria aceitar o convite. 

Este é o peso do nosso testemunho e nosso compromisso de sermos exemplos para as pessoas do mundo. Que Deus nos dê forças para continuar dando testemunho, que Deus nos dê forças para que não nos contaminemos com as impurezas que nos cercam.

--------------------------------------------------
Danilo Cassemiro de Campos é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2010. Ordenado em 2011. Bacharel em Design (Projeto do Produto) pela Faculdade Asseta de Tatuí (2008), além de Técnio em Processamento de Dados e Hardware (1998 e 2002). É fundador e editor do site www.desimax.com.br
Tecnologia do Blogger.