Sociais

A vitória em Jesus



O “Tema da Vitória” é uma canção instrumental brasileira composta especialmente para as transmissões da Fórmula 1 pela Rede Globo. A música foi composta pelo maestro Eduardo Souto Neto. Sempre que o famoso piloto Airton Senna vencia uma corrida, tocava-se essa música com espécie de trombetas no começo, enquanto ele dava sua volta de comemoração com a bandeira do Brasil. A vitória de Senna trazia-nos muita satisfação como povo brasileiro. Afinal, vitórias trazem sempre alegria, satisfação.

Em sua primeira carta aos Coríntios, capítulo 15, o apóstolo Paulo fala de uma vitória bem maior do que a de uma simples corrida automobilística. Fala da vitória de Cristo na cruz, vitória sobre a morte, vitória sobre o pecado, sobre a dor, sobre o destino terrível que a humanidade caminhava sem Jesus. Este foi último inimigo vencido por Cristo, pois ele já havia vencido o mundo com suas paixões, vencido o diabo com seus ardis.
A palavra de Deus nos diz que todo aquele que crer em Cristo será salvo, ou seja, alcançará a mesma vitória de Cristo. Mais do que ser bem sucedido neste mundo, o apóstolo Paulo nos diz que nossa alegria não se restringe a esta vida, se assim o fosse seriamos os mais dignos de compaixão e pena de outros, mas nossa alegria se estende para além dela. 
"Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou" - Romanos 8.37 

Jesus nos dá vitória completa. Cabe a nós, FIRMEZA E CONSTÂNCIA. 

"Onde está, ó morte, a sua vitória? Onde está, ó morte, o seu aguilhão? O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale." - 1 Coríntios 15. 55 – 58a (NVI)

Um dos principais problemas que temos que lidar, até historicamente, é a falta de firmeza e a constância. Pois muitos apesar de terem aceito a Cristo, de terem compreendido sua mensagem, acabam caindo diante das tentações da sua própria carne e do tentador, ou até mesmo pelos problemas da vida.

Uma vez que Deus tocou em nosso ser e cremos em Jesus, ele nos deu vitória e então é preciso ter firmeza. Mas não é uma firmeza momentânea, apenas de um dia, um fim de semana, um mês, deve ser uma firmeza constante.

A igreja cristã, nascente em Atos dos Apóstolos mostrava essa firmeza e constância, quando lemos: 

"Todos os dias continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos". Atos 2. 46-47 (NVI)

Como está a nossa firmeza, nosso testemunho e constância? Será que nossa vida tem atraído a atenção das pessoas para Deus?

Jesus nos dá vitória completa. Cabe a nós DEDICAÇÃO A SUA OBRA.
"Sejam sempre dedicados à obra do Senhor" - 1 Coríntios 15. 58b NVI.

Quando Cristo nos dá a vitória completa devamos nos dedicar a obra dEle. Além do testemunho, como imitadores de Jesus, devemos ensinar outras pessoas as suas palavras de salvação e vida eterna. Na cultura judaica, o discípulo não permanecia como eterno aprendiz, mas ele se desenvolvia junto ao mestre para se tornar depois também outro mestre, transmitindo assim a mensagem aprendida.

Cristo ensinou a discípulos, alguns em especial levam o título de apóstolos como Paulo, que antes era perseguidor inflamado dos cristãos mas depois da conversão tornou-se um proclamador do evangelho em viagens missionárias, das quais nos ajudou a receber o evangelho aqui, no ocidente.

Paulo falava com autoridade sobre dedicação, abundância na obra do Senhor, porque fez de sua vida esta única missão. Ele mesmo disse: vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim; para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro.

Assim ele seguiu enfrentando o perigo de morte todos os dias, por amor a Cristo. Mas essa experiência com Jesus não ficou com ele, pois transmitiu aos da igreja de Corinto.

Os convertidos em Atos também davam exemplo de dedicação à obra de Jesus: 
"Todos os dias, no templo e de casa em casa, não deixavam de ensinar e proclamar que Jesus é o Cristo". Atos 5. 42

Como tem sido nossa dedicação a obra do Senhor? 
"Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens" (Colossenses 3. 23)

Jesus nos dá vitória completa. Cabe a nós OTIMISMO NA SUA OBRA.
"Pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil". (1 Coríntios 15. 58c NVI)

Paulo pregou a muitas pessoas, em diversos lugares. Muitos creram na sua mensagem, outros não. Ele passou por inúmeras dificuldades, foi preso, açoitado, passou por naufrágio, foi maltratado, passou necessidades - alguém como Paulo tinha tudo para ser alguém pessimista em relação a sua missão. E se fosse assim ele não teria ido muito longe com sua missão. Teria parado já no começo dela, em meio à perseguição que havia antes mesmo do povo crente ser chamado cristão.

Mas porque Paulo se mantinha otimista em relação a sua missão? Simplesmente porque ele acreditava que Cristo manifestaria o seu poder ali e que mesmo que alguns não optassem pela fé, já estariam responsabilizados pela sua pregação.

Paulo disse em outro texto que nós somos o bom perfume de Cristo, com cheiro de vida para aqueles que vão crendo e aceitando a Ele, para outros que rejeitam a Jesus, com cheiro de morte, porque infelizmente, quem nega ao Senhor já está condenado a morte eterna, ao sofrimento eterno.

Nossa missão é pregar, insistentemente, em tempo e fora de tempo, se vai ser mensagem para salvação ou condenação, isso é entre Deus, seu Santo Espírito e aquele que ouve. Por isso nossa mensagem é urgente e deve ser otimista, pois na verdade, de uma forma ou de outra, ela com certeza será útil a Deus.

Mas Paulo teve um aprendizado até conseguir esse otimismo, disse ele: 
"Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. Tudo posso naquele que me fortalece" (Filipenses 4.12-13).

Cristo nos dá a vitória completa, cabe a nós o otimismo, o fazer a obra do Senhor com alegria. O Salmista bem antes de Paulo disse em cântico: Prestem culto ao Senhor com alegria; entrem na sua presença com cânticos alegres. Salmos 100.2

Quem sabe passemos desconhecidos pelos homens, sem a enorme fama de Airton Senna, mas isso não quer dizer que não fizemos um trabalho importante. Pois a semelhança do caso de Senna, haviam muitos engenheiros, mecânicos e outros profissionais que trabalhavam para tornar seu carro competitivo.

Todos nós somos importantes para Deus, dentre de seus propósitos, sobretudo na responsabilidade de anunciar Suas verdades, sua salvação e para prestar o louvor que lhe devemos.

--------------------------------------------------
Danilo Cassemiro de Campos é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil. Formado em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul em 2010. Ordenado em 2011. Bacharel em Design (Projeto do Produto) pela Faculdade Asseta de Tatuí (2008), além de Técnio em Processamento de Dados e Hardware (1998 e 2002). É fundador e editor do site www.desimax.com.br
Google Plus