Criança


Há dias encontrei-me com uma menina que eu batizei, recebi em profissão de fé, de quem fiz também o casamento. Ela me disse: Rev. eu quero que o senhor batize meu filhinho. Eu estranhei, eu sabia que eles ainda não tinham nenhum filho. Expressei minha surpresa: mas vocês não têm filhos! Ela respondeu: tenho sim, tá aqui, ó. E pôs a mão na barriga. Aquela semana ficou sabendo que estava grávida. Mas o que me impressionou foi a alegria com que ela disse isso. Ela merece e Deus vai lhe dar essa graça.

(Extraído do livro “Pense Comigo – Meditações Evangélicas”, 1ª Edição – Rev. Samuel Barbosa)

Queda
A mãe estava com umas visitas, na sala, e o filho pequeno na cozinha, fazendo sabe-se lá o quê. De repente um barulho de cadeira caindo e coisas caindo também. A mãe assustada perguntou: - o que foi que você derrubou aí, menino?

- Eu. Respondeu o garoto.

(Extraído do livro “Pense Comigo – Meditações Evangélicas”, 1ª Edição – Rev. Samuel Barbosa)

Filhos na igreja
É preferível que nossos filhos nos acusem no futuro de os termos forçado a frequentar uma Igreja, a sermos acusados de relapsos no seu encaminhamento nos salutares caminhos da fé.

É preferível que vivam saturados de ensinos espirituais a viverem vazios espiritualmente, pela nossa omissão.Pelo mesmo motivo pelo qual não os deixamos escolher a alimentação nem os hábitos de seu gosto, mas os forçamos a se alimentarem de acordo com as melhores orientações de que dispomos e a adquirirem hábitos que satisfaçam suas reais necessidades, devemos encaminhá-los nos caminhos de uma vida espiritual verdadeiramente cristã.

(Extraído do livro “Pense Comigo – Meditações Evangélicas”, 1ª Edição – Rev. Samuel Barbosa)

Delinquência infantil

Estudos sobre delinquência infantil feitos na Universidade de Harvard, revelam que: sessenta por cento dos menores delinquentes têm pais que bebem excessivamente. Setenta e cinco por cento desses menores têm permissão dos pais para fazerem o que bem entenderem. Sessenta por cento provém de lares onde marido e mulher não vivem em harmonia. Setenta por cento procedem de lares onde não há recreação de espécie alguma. Oitenta por cento tem pais que não procuram se interessar pelos amigos dos filhos. Sessenta por cento queixam-se de indiferença dos pais. Muitos provém de lares desfeitos. Poucos recebem, orientação religiosa. Esses números estatísticos devem nos impressionar de tal modo que, antes de condenarmos qualquer jovem delinqüente, cooperemos para que todos tenham lares mais zelosos e humanos.

(Extraído do livro “Pense Comigo – Meditações Evangélicas”, 1ª Edição – Rev. Samuel Barbosa)

Testemunho
Você já pensou em como você é visto por uma criança? será que ela pode tomar você como exemplo de vida moral, espiritual? Ou, permita-me uma pergunta mais direta, você gostaria que seu filho o imitasse em tudo?

(Extraído do livro “Pense Comigo – Meditações Evangélicas”, 1ª Edição – Rev. Samuel Barbosa)

Inocência
Você já observou duas crianças conversando? Então observe. Você vai ouvir coisas belas, verdadeira poesia. O casalzinho de irmãos estava na janela da casa observando a rua. Tinha chovido e havia poças de água no passeio. O menininho, vendo uma poça de água perguntou a irmã, quem tinha trazido aquela água até ali.

- Foi a chuva, respondeu a irmã.
- Mas cadê a chuva, tornou a perguntar o irmão.

A menina depois de pensar um pouco respondeu:

- Foi buscar mais água, ué!

Resposta lógica, pelo menos para ela.

(Extraído do livro “Pense Comigo – Meditações Evangélicas”, 1ª Edição – Rev. Samuel Barbosa)
Tecnologia do Blogger.