Saldo positivo


Leitura Bíblica: Eclesiastes 3.1-8
Busquem o Senhor enquanto é possível achá-lo (Is 55.6).

Será que valorizamos o que é mais importante? 

“Imagine que você tenha uma conta corrente e a cada manhã acorde com um saldo de R$ 86.400,00. Só que não é permitido transferir o saldo para o dia seguinte. 

Todas as noites o seu saldo é zerado, mesmo que você não tenha conseguido gastá-lo durante o dia. O que você faz? Você iria gastar cada centavo, é claro! 

Todos nós somos clientes deste banco que estamos falando. Chama-se TEMPO.

Todas as manhãs são creditadas para cada um 86.400 segundos. Todas as noites o saldo é debitado como perda. 

Não é permitido acumular este saldo para o dia seguinte. Todas as manhãs a sua conta é reinicializada, e todas as noites as sobras do dia se evaporam. Não há volta. 

Você precisa gastar vivendo no presente o seu depósito diário. Invista então no que for melhor, na sua saúde, felicidade, sucesso” (Autor Desconhecido).

Que privilégio estar vivo. 

Poder participar de tantas coisas boas que acontecem a todo momento, poder compartilhar amizades, amor em família, uma comunidade cristã. 

Dê importância ao tempo. Veja o tempo como um tesouro, como oportunidade.

Achei interessante a colocação sobre a importância do tempo que diz: Para você perceber o valor de “um ano”, pergunte a um estudante que repetiu o ano. 

Para você perceber o valor de “um mês”, pergunte para uma mãe que teve seu bebê prematuramente. 

Para você perceber o valor de “uma semana”, pergunte a um editor de um jornal semanal. 

Para você perceber o valor de “uma hora”, pergunte aos apaixonados que estão esperando para se encontrar. 

Para você perceber o valor de “um minuto”, pergunte a uma pessoa que perdeu um trem. 

Para você perceber o valor de “um segundo”, pergunte a uma pessoa que conseguiu evitar um acidente. 

Para você perceber o valor de “um milésimo de segundo”, pergunte a alguém que venceu a medalha de prata em uma olimpíada.

Todo tempo é importante, reflita sobre isso.

Valorize cada momento.

Comentários