As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Construindo no céu


Leitura Bíblica: Colossenses 2.1-5
Por amor de Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa (Hb 11.26).

Um homem muito rico morreu e foi recebido no céu. O anjo guardião o levou por várias alamedas e foi lhe mostrando as moradias.

Passaram por uma linda casa, com belos jardins. 

O homem rico perguntou: - Quem mora aí? 

- É o Raimundo, aquele seu motorista que morreu no ano passado. 

O homem ficou pensando: “Puxa! O Raimundo tem uma casa dessas! Aqui deve ser muito bom”. Logo em seguida surgiu outra casa, ainda mais bonita. 

Então, ele perguntou: - E aqui, quem mora? 

O anjo respondeu: - Aqui é a casa da Rosalina, aquela que foi sua cozinheira. 

O homem ficou imaginando que, tendo seus empregados magníficas residências, sua morada deveria ser, no mínimo, um palácio. Estava ansioso por vê-la. 

Nisso, o anjo parou diante de um barraco construído com tábuas e disse: - Esta é a sua casa! 

O homem ficou indignado! - Como é possível? Vocês sabem construir coisa muito melhor. 

- Sabemos, respondeu o anjo - mas nós construímos apenas a casa. O material é selecionado e enviado por vocês mesmos.

Esta bem humorada estória, nos faz refletir sobre a necessidade de nos dedicarmos e pensarmos nas bênçãos celestiais. 

Onde está o nosso coração? 

Nas construções e edificações deste mundo? 

Mateus 6.19-21 diz: 

“Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam. 

Mas acumulem para vocês tesouros nos céus, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração”.

Vivemos neste mundo, mas nosso coração não pode ser alimentado pelos desejos dele. O maior tesouro que devemos e podemos buscar é conhecer a Cristo. 

“Nele estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento” (Cl 2.3). É através de Cristo que vamos desfrutar dos tesouros eternos no céu.

O mundo passa. Quem vive para Deus, permanece.

Comentários