As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Quebraste as minhas cadeias


Leitura Bíblica: Salmo 116.1-9
Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor (Fp 4.5).

No Salmo 116, como em muitos outros salmos, vemos o autor dando seu testemunho. Palavras de ações de graças sobre um livramento de morte. 

Um homem que se viu, em um momento de sua vida, amarrado por vários laços de morte. Além de enfermidade, passou por uma forte angústia que é chamada de angústias do inferno.

Tristezas que se apoderaram, se instalaram e fizeram habitação em sua mente e coração. Mesmo abalado, ele ainda encontrou forças para clamar a Deus por ajuda. 

“Então, invoquei o nome do SENHOR: ó SENHOR, livra- me a alma” (Sl 116.4). 

O salmista invocou o Senhor e ele o ouviu.

O salmista descreve o que o Senhor fez em sua vida a partir do momento em que ele começou a buscá-lo. 

“Pois livraste da morte a minha alma, das lágrimas, os meus olhos, da queda, os meus pés” (Sl 116.8). A ação de Deus vem em forma de livramentos. Ele disse: “quebraste as minhas cadeias” (Sl 116.16). 

Seu testemunho serve para renovar nossa esperança e fortalecer nossa fé. Deus nos livra como fez com os servos do passado.

LIVRES DA MORTE - O homem que invoca ao Senhor tem a alma livre da morte. Este é o maior benefício que qualquer pessoa pode receber. A salvação é o nosso maior tesouro. 

A alegria da salvação é um grande alento da vida. 

LIVRES DAS LÁGRIMAS - Quando o Senhor age em nossa vida, nossas emoções são afetadas. Somos salvos e a proteção de Deus enxuga nossas lágrimas, leva as nossas tristezas. 

Neste processo as lágrimas vão se transformando em riso. Lágrimas de dor são convertidas em lágrimas de gratidão. A paz de Deus guardará nossos corações e mentes. 

LIVRES DA QUEDA - A libertação moral é a terceira cadeia quebrada. O Senhor passa a guiar nossos passos, cuidando para que nossos pés não se desviem do caminho e não escorreguem em terrenos perigosos. 

Com Deus estamos livres da queda. “Ele não permitirá que os teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda” (Sl 121.3).

Deus é a luz da vida.

Comentários