Hino 237A - Linda estrela


Oh, linda estrela! Fulgor cintilante!
Rumo nas trevas teu brilho nos dá;
Vem conduzir-nos, ó lume divino,
Para onde o Infante nascido já está.

Gotas de orvalho no berço rebrilham;
Na manjedoura, sozinho, ele jaz.
Anjos o adoram, real maravilha!
Deus sempiterno do reino de paz.

Que lhe traremos, que pias ofertas?
Raros odores? Presentes de luz?
Pérolas puras de mares longínquos ?
Mirra da Arábia? Tesouros de Ormuz?

São todas vãs as ofertas mundanas,
Ouro não pode comprar seu favor!
Cristo, porém, de nós todos aceita
As ofertas sinceras de amor!

Comentários