Sentidos da fé


Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos (2Co 5.7).

Paulo, em Romanos 10.17, diz que a fé vem pela pregação. Pregação da palavra de Cristo. Cremos no evangelho, entendemos e percebemos seu significado. 

Esta fé se manifesta de diferentes maneiras na vida do homem. Charles H. Spurgeon, de forma muito especial, fala sobre os sentidos da fé em seu livro Devocional Manhã e Noite. Ele disse: 

A fé, nas Escrituras, é mencionada sob o emblema de todos os sentidos. 

Ela é visão - “olhai para mim, e sereis salvos” (Is 45.22). Ela é audição - “ouvi, e a vossa alma viverá” (Is 55.3). 

A fé é olfato - “todas as tuas vestes cheiram a mirra e aloés e cássia” (Sl 45.8); “como o unguento derramado é o teu nome” (Ct 1.3). 

A fé é o tato espiritual; por essa fé, a mulher veio por detrás e tocou a orla do manto de Cristo (Mt 9.20­21, Mc 5.25-28, Lc 8.43-44). 

A fé é igualmente o paladar do espírito. “Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca” (Sl 119.103); “se não comerdes a carne do Filho do homem”, diz Cristo, “e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmo” (Jo 6.53). 

Esse “paladar” é a fé em uma de suas mais elevadas operações. Que maravilhosa graça. Nosso Deus não se encontra distante, inacessível. 

Deus é presente e nos possibilita aproximar dele através de diversos sentidos. A fé que Deus nos dá é completa. Ela nos possibilita crer, confiar, nos aproximar dele. Pela fé somos fortalecidos. 

Compreendemos o significado da vida. Compreendemos o que a palavra de Deus tem para nos ensinar. Pela fé podemos vencer as nossas lutas e tentações. Com fé podemos praticar a palavra de Deus.

Que maravilhosa fé. Por ela podemos entender e crer no eterno plano de Deus que nos salvou em Cristo. 

“Por intermédio de quem temos livre acesso a Deus em confiança, pela fé nele. Portanto, peço-lhes que não desanimem por causa das minhas tribulações em seu favor, pois elas são uma glória para vocês” (Ef 3.12-13).

Temos fé, temos vida.

Comentários