Hino 59 - Gratidão



1. Ao Deus eterno, Criador,
Mil graças tributemos
Por tantos anos de labor
No pátrio lar que temos.


    Ao Deus eterno, Criador,

    Ao Deus da Redenção,
    Por tantos anos de labor,
    A nossa gratidão!

2. Provaste, ó Deus, o teu amor
A nós, os brasileiros,
Na voz tão plena de fervor
Dos grandes pioneiros

3. Por toda a parte, ó Redentor,
Agora é anunciado
Teu nome ao pobre pecador
Que jaz no vil pecado.


4. Que grandes coisas, ó Senhor,
A todos nós legaste!
São provas desse grande amor
Com que tu nos amaste. Amém.


Informações
Letra: Renato Ribeiro dos Santos, 1959
Música: Renato Ribeiro dos Santos, 1959
Arranjo: Norah Buyers, 1968

História
Pastor presbiteriano, professor, compositor regente, organista, escritor e poeta, o Rev. Renato Ribeiro dos Santos tem lugar de destaque em nossa Música Sacra. Nasceu a 3 de dezembro de 1898, em Brotas, SP.

Desde a infância demonstrou talento para a música. Estudou em Dois Córregos, Campinas e São Paulo, completando cursos superiores de Música e Teologia. Pastoreou igrejas rurais e em cidades maiores: Rio Claro, São Carlos, Catanduva, São Paulo, Santos, Santa Bárbara d'Oeste e Vitória. Nesses locais organizou coros e desenvolveu o canto congregacional. Em Santos organizou o "Coral Unido", formado por cantores de diversas denominações, para cantarem programas radiofônicos. 

Foi responsável pela Seção "Hinologia e Educação Religiosa" do periódico "O Puritano". Deixou-nos cerca de oitenta composições: obras para piano, bastante difundidas (algumas transcritas para orquestra), música sacra, cerca de trinta hinos publicados por Norah Buyers na Coleção "Música Sacra Brasileira" em 1968. Diversos figuram neste hinário. 

Este hino de gratidão foi composto para o centenário da Igreja Presbiteriana do Brasil e se refere ao lema "um ano de gratidão por um século de bênção - 1959".
Tecnologia do Blogger.