Hino 30 - Providência de Deus (Na Criação)



1. Ó Deus! Ó providência! Com teu real poder
Trouxeste à existência o mundo, todo ser!
E a tudo que criaste, com benfazeja mão,
As bênçãos não negaste da tua proteção.

    Eterno Deus, ó Deus sem par,
    A Criação, com gratidão,
    Te vem louvar!
    Nos céus teu Nome aclamam
    Os astros, que são teus;
    A terra e o mar proclamam:
    "És o nosso Deus!"

2. Ao sol resplandecente e à vastidão do mar
Traçaste, ó Deus potente, as leis que irão guardar.
E a tenra e pequenina florzinha em botão,
A tua mão divina conserva em proteção.

3. Dos campos, a verdura, dos frutos, o sabor,
Celebram a ternura do teu constante amor!
E a natureza inteira, por toda a Criação,
Proclama, alvissareira, a tua proteção. Amém.


Informações
Letra: Anônimo
Música: John Henry Maunder, 1894

História
Não foi possível identificar a autoria deste hino ou seu tradutor. Apenas sabemos do compositor, organista e regente John Henry Maunder, nascido em Londres em 1858. Este músico trabalhou em diversas igrejas e também no Lyceum Theatre. 

Compôs diversas cantatas que se tomaram altamente apreciadas: "Penitência, perdão e paz", "Das Oliveiras ao Calváno" e outras. Em 1904 compôs "O imenso mundo", música usada para os textos de "Providência de Deus" na Criação e na Redenção. Maunder faleceu em Londres em 1920. É dele também música do hino n° 45 deste hinário.

Clique aqui para ver outros hinos 
Tecnologia do Blogger.