Rompendo limites


Leitura Bíblica: 2Pedro 1.12-15
Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons (1Co 12.31).

No seu livro Segredos da Montanha, Pat Williams fala de uma experiência com um grupo de estudantes. Foi-lhes dito que os cientistas tinham provado que as crianças com olhos castanhos eram mais espertas do que aquelas com olhos azuis. 

Imediatamente os estudantes com olhos castanhos começaram a trabalhar bem na escola. Contudo, uns dias mais tarde foi-lhes dito que tinham sido enganados, e que eram os jovens com olhos azuis que eram de fato os mais espertos. 

Rapidamente as notas das crianças com olhos azuis subiram acima das dos seus colegas de olhos castanhos. Dizia um comentário a esta experiência: “Mentir às crianças nunca está correto, mas o estudo demonstra que as palavras têm o poder de influenciar o comportamento”.

Realmente, não devemos nem precisamos mentir para influenciar alguém. No lugar de mentir, podemos dizer palavras motivadoras. Elas são importantes e podem ajudar as pessoas a serem melhores e mais competitivas. Também podemos ajudar corrigindo e ensinando alguém.

Esta experiência com um grupo de estudantes nos mostra que as pessoas podem produzir muito mais quando acreditam que têm um potencial para serem melhores. 

Quando acreditam, se esforçam mais. Quando lhes foi dito que eles eram mais espertos, pela cor de seus olhos, eles começaram a trabalhar mais. O que fez com que eles se destacassem sobre os outros foi a iniciativa de trabalhar mais.

Existe muita gente capacitada, mas acomodada. Gente que poderia render muito mais e se destacar muito mais. Só que não conhece o seu potencial. Nunca testou sua força. 

Precisamos descobrir nossas habilidades e desenvolvê-las. Fazer isso em todas as áreas de nossa vida, principalmente no trabalho que somos chamados a fazer como servos de Deus. 

Podemos e devemos procurar desenvolver os dons que Deus nos deu. E também ajudar outros a descobrirem seus dons, incentivando os outros a perseverar.

Desafie seus limites.

Comentários