As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Minha natureza


Leitura Bíblica: 1 João 2.15-17
Então esse desejo, tendo concebido, dá à luz o pecado, e o pecado, após ter se consumado, gera a morte (Tg 1.15).

Você já deve conhecer esta ilustração, mas vale a pena revê-la e, se não conhece, com certeza vai achá-la interessante. 

Um escorpião quer atravessar o rio, mas não sabe nadar. Procura uma rã que sabe e pede uma carona. A rã diz: “se levá-lo nas costas, você vai me ferroar”. 

O escorpião retruca: “não é do meu interesse, pois eu me afogaria junto com você”. A rã pensa nesta lógica e concorda. 

Leva então o escorpião nas costas, enfrentando as águas com coragem. Na metade do caminho, sente uma forte pontada do lado, e se dá conta que foi o ferrão do escorpião. 

Enquanto ambos afundam sob as águas, a rã grita: “Por que me ferroou Sr. Escorpião, agora ambos vamos nos afogar”. O escorpião responde: “Não posso evitar, é minha natureza”.

Muitas lições podemos tirar desta fábula, uma delas é que muitas vezes queremos viver carregando nas costas um escorpião chamado mundo, que nos faz propostas tentadoras e que promete não nos destruir, mas, se continuarmos no mundo, cedo ou tarde receberemos a picada mortal. 

O mundo a que me refiro são as pessoas e coisas ruins que insistimos em criar laços. A oferta é tentadora. Parece que conseguiremos ajuda e prazer, mas a segurança e prazer oferecidos são falsos e temporários. 

Por algum tempo temos a sensação de que tudo vai dar certo, mas logo vem a decepção. Gênesis 4.7 diz: “Se procederes bem, não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o pecado jaz à porta; o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo”.

Nossa âncora deve estar em Deus. No momento de transpor o rio, ninguém melhor do que Deus para nos ajudar. 

Deus é suficiente para preencher as nossas necessidades. Ele é fonte de alegria, segurança e paz. Tenhamos cuidado com as nossas companhias. 

A melhor ajuda é oferecida por Jesus. Incomparável é o cuidado e amor de Deus por nós. Não se deixe enganar. Dispense os atalhos.

Procure o melhor e único caminho.

Comentários