As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Hino 223 - Oração do arrependido


Convencido estou, ó Cristo
De que o mundo é sempre vão.
Quero, pois, viver contigo,
Sempre em doce comunhão

Toma, ó Salvador,
Minha débil mão!
Pois viver contigo eu quero
Sempre em comunhão!

Quanta dor, tristeza imensa,
Sinto, ó Deus, ao me lembrar
Que vivi por tanto tempo,
Tua causa a desprezar!

Não mais quero a vida inglória,
Onde, incauto, me abismei.
Na doutrina do evangelho,
De hoje em diante eu viverei!

Quero os dons que me outorgaste
Empregar no teu labor,
Trabalhando em tua Igreja,
Bem firmado em teu amor. Amém.

Comentários