As Bem-Aventuranças (7) - Os Pacificadores

Essencial ressurreição



Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dentre aqueles que dormiram (1 Co 15.20).

Qual é o fato mais importante do Cristianismo? O nascimento virginal de Jesus? A morte de Jesus na cruz? Os milagres praticados por ele? A autoridade de Jesus em enfrentar os poderes políticos de sua época? 

Podemos afirmar que o fato mais importante do cristianismo é a ressurreição de Cristo. A ressurreição de Cristo é a maior manifestação do poder de Deus. 

O cristianismo é, em sua essência, a religião da ressurreição. O conceito de ressurreição constitui seu cerne. Remover esse conceito é destruir o cristianismo” (John Stott citado por Wiersbe). 


A ressurreição de Jesus Cristo declara que ele é, de fato, o Filho de Deus, conforme afirmou ser (Rm 1.4). Também prova que seu sacrifício pelo pecado foi aceito e que a obra da salvação foi completada (Rm 4.24-25). 


Os que creem no Salvador podem andar em 'novidade de vida', pois ele está vivo e lhes dá poder (Rm 6.4; Gl 2.20). A ressurreição de Cristo também mostra que ele é o juiz que, um dia, virá e julgará o mundo (At 17.30, 31)” (Warren W. Wiersbe).


Este fato não pode ser desprezado por nós. Deve nos despertar para o grande amor do filho de Deus, Jesus, o Senhor! Cristo venceu a morte. Ele já ressuscitou e sua ressurreição é a garantia da nossa ressurreição.

Cristo morreu pelos nossos pecados, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia. Esta é a afirmação bíblica de maior importância.

Quando Jesus voltar a este mundo, os mortos vão ressuscitar e os vivos serão transformados. Os cristãos que estiverem vivos, na sua vinda, serão transformados. Os cristãos que tiverem morrido ressuscitarão e receberão um corpo glorificado.

Cremos que quando Jesus voltar os mortos irão ressurgir e poderemos enfim dizer: “Tragada foi a morte pela vitória” (1Co 15.54b). Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo” (15.57).

Ele vive!

Comentários